Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Ao vivo

Rodrigo Bocardi se desculpa após confundir polícia com bandido no Bom Dia Brasil

Reprodução/TV Globo

Rodrigo Bocardi no Bom Dia Brasil desta quarta (3): jornalista confundiu ladrões com policiais - Reprodução/TV Globo

Rodrigo Bocardi no Bom Dia Brasil desta quarta (3): jornalista confundiu ladrões com policiais

REDAÇÃO

Publicado em 3/4/2019 - 10h04
Atualizado em 3/4/2019 - 10h34

O jornalista Rodrigo Bocardi confundiu bandidos com policiais no Bom Dia Brasil desta quarta-feira (3) e teve de pedir desculpas ao vivo, no final do telejornal da Globo. Bocardi foi prejudicado por um problema técnico da emissora: no momento de acionar o vídeo de uma reportagem sobre um assalto em São Paulo, a direção ficou falando com ele pelo ponto eletrônico, enquanto tinha de dar informações sobre o fato.

"Eu vou voltar com vocês daqui a pouco para vocês verem direitinho como foi esse assalto, no mínimo inusitado, que aconteceu aqui com os policiais invadindo a casa e roubando as pessoas que estavam transmitindo o programa pela internet", disse o apresentador.

Bocardi noticiava o assalto à rádio online SOT, transmitido ao vivo pelo Facebook, por volta das 21h de terça (2). Bocardi cometeu um lapso. Ele queria falar "bandidos", mas disse "policiais". O inusitado da notícia era o fato de o assalto ter sido mostrado ao vivo.

No fim do Bom Dia Brasil, quando os apresentadores conversavam em giro com repórteres e correspondentes, Bocardi pediu desculpas.

"Mais cedo, no jornal, quando eu tive aquele problema que a a gente não conseguiu exibir a reportagem ao vivo, falavam no meu ouvido: 'Não está pronta'. Eu acabei cometendo um equívoco. Disse que policiais invadiram o lugar pra assaltar. Obviamente, policiais chegaram depois dos ladrões. Desculpa, mais uma vez. Por um dia melhor para mim e um excelente para vocês, ai, ai, ai", finalizou.

O "ai, ai, ai" de Bocardi se justifica por seu histórico de conflitos com a polícia desde que passou a apresentar o Bom Dia São Paulo, em 2013. Naquele ano, o comandante da Polícia Militar de São Paulo ameaçou processá-lo, juntamente com Chico Pinheiro, por causa de comentários críticos à corporação.

Rádio assaltada

Instalada em uma casa no Jardim Paulista, na zona oeste de São Paulo, a rádio online SOT transmitia ao vivo uma entrevista com sambistas. A conversa já durava uma hora quando bandidos invadem o estúdio e rendem as pessoas, tomando celulares, joias e dinheiro. Toda ação foi transmitida ao vivo pelo Facebook.

Entre as vítimas está intérprete da escola de samba Vai-Vai Grazzi Brasil, que disputou o The Voice Brasil em 2017. Também participavam do programa o ex-integrante do grupo Exaltasamba Pinha Presidente e a miss São Paulo Plus Size, Tassiane Martins.

Em entrevista à Globo, o diretor da rádio, Alessandro Santos, contou que abriu a porta do estúdio porque os suspeitos disseram que se tratava de uma entrega.

Confira o vídeo da gafe de Rodrigo Bocardi:

Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas