REALITY SHOW

'Roberto Justus não era a minha primeira opção', diz diretor de A Fazenda

REPRODUÇÃO/RECORD TV

Roberto Justus apresentou duas temporadas do reality show A Fazenda, na Record - REPRODUÇÃO/RECORD TV

Roberto Justus apresentou duas temporadas do reality show A Fazenda, na Record

GABRIEL PERLINE - Publicado em 07/11/2018, às 05h36

Feliz com Marcos Mion no comando de A Fazenda, o diretor Rodrigo Carelli fala abertamente que o novo apresentador é o melhor de todos que já passaram pelo reality show. E revela que Roberto Justus não foi o primeiro nome em que ele pensou, em 2015, para substituir Britto Jr., que foi colocado na geladeira e posteriormente dispensado pela Record.

"Roberto Justus não era a minha primeira opção para A Fazenda", disse Carelli ao Notícias da TV durante uma visita guiada à sede do reality, em Itapecerica da Serra (SP). "Foi uma decisão da emissora, porque ele estava contratado, tinha acabado O Aprendiz, era um apresentador que a casa apostava e foi naturalmente escolhido."

Britto Jr. esteve à frente de A Fazenda durante sete temporadas e deixou o comando do reality show devido aos constantes desentendimentos com Carelli. Ao escalar Justus, a Record levou em consideração o fato de que o apresentador ainda tinha um contrato longo em vigência, e nenhum projeto em vista para comandar.

"Não posso falar quem eu queria [para substituir Britto Jr.], mas cogitei nomes da casa e gente da concorrência", explicou.

Roberto Justus apresentou duas temporadas de A Fazenda e acabou dispensado da Record depois de passar seis anos na emissora.

Ao falar de Marcos Mion, o semblante do diretor chega a mudar. Pela primeira vez desde que estreou, em 2009, o apresentador é unanimidade entre os críticos de TV por fugir do perfil engessado de seus antecessores.

"Ele é o que mais tem a cara de A Fazenda. Assim como o reality foi evoluindo em sua forma de fazer, chegamos a um formato de apresentação que está melhor do que nunca. Ele é a voz perfeita para o programa", comemorou.

O apresentador atribui o sucesso de sua performance aos dez anos de trabalho na MTV, emissora que ele considera sua maior escola.

"Lá, nós precisávamos criar e improvisar o tempo inteiro. E toda essa espontaneidade que tenho vem dessa época. Fora isso, eu tive um programa de auditório por muitos anos. Eu sempre fui de cumprimentar as pessoas, olhar no olho, abraçar e tirar um barato da cara. Eu continuo sendo essa pessoa. E sei que o meu perfil é o mais diferente de todos os que passaram aqui pelo reality", disse Mion.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que castigo Isabel merece no final de Espelho da Vida?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook