COMPORTAMENTO

Assinante de canal pornô 'trai' o parceiro e troca o televisor pelo celular

Divulgação/Sexy Hot

Atriz do filme De Olhos Bem Abertos, uma das produções originais do canal pornográfico Sexy Hot - Divulgação/Sexy Hot

Atriz do filme De Olhos Bem Abertos, uma das produções originais do canal pornográfico Sexy Hot

REDAÇÃO - Publicado em 22/01/2019, às 05h37 - Atualizado em 27/01/2019, às 05h30

Uma pesquisa do canal Sexy Hot com seus assinantes revelou dados curiosos sobre o público que consome pornografia na TV paga. Apesar de a maioria dos espectadores ser casada, muitos "traem" seus parceiros e veem até três filmes por semana sozinhos. O celular também se tornou a tela mais utilizada, à frente do computador e do próprio televisor.

Segundo o levantamento, o aparelho celular é usado por 81% dos assinantes para assistir às produções exibidas pelo Sexy Hot. A TV vem logo na sequência, com 80%, enquanto 68% acessam a plataforma de produções adultas pelo computador.

A "traição" aos parceiros na hora de consumir pornografia é grande: 54% do público se declara casado ou que mora junto, mas um índice ainda maior, de 66% dos espectadores, prefere assistir aos filmes pornô sozinhos.

A maior parte do público disposto a pagar para ver cenas de sexo explícito é jovem: 55% dos assinantes do Sexy Hot tem entre 25 e 39 anos, no auge do apetite sexual. Dessa maneira, ver um longa só não é suficiente. Entre os ouvidos pela pesquisa, 38% veem filmes pornô de uma a três vezes por semana.

Os espectadores de longas eróticos também têm alto grau de escolaridade e bom poder aquisitivo, já que 34% dos assinantes são da classe B e mais de 40% têm ensino superior completo ou até pós-graduação.

Responsável por 60,3% dos assinantes de TV paga de todo o país, a região Sudeste também domina entre os que pagam para ver pornografia. Paulistas, cariocas, mineiros e capixabas somam 57% dos clientes do Sexy Hot. O Nordeste tem 23%, e o Sul ocupa a terceira posição, com 11%.

O investimento do canal em produções originais também foi bem aceito pelo público. Entre os entrevistados, 96% se disseram satisfeitos com o conteúdo exibido --até o momento já foram mais de 40 títulos lançados desde 2017, inclusive uma inédita série nacional de sexo explícito, Mulher ao Volante.

Em comparação aos demais filmes pornôs internacionais, a maioria dos assinantes identificou que as produções do Sexy Hot contam com cenas e atores mais realistas, o que deixa as produções mais naturais e os enredos mais próximo do dia a dia.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook