Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PREMIAÇÃO

Por causa do coronavírus, Globo de Ouro é adiado em quase dois meses

Divulgação/HFPA

Tina Fey com um vestido decotado e Amy Poehler com um vestido preto no palco do Globo de Ouro de 2014

As comediantes Tina Fey e Amy Poehler durante apresentação do Globo de Ouro de 2014; premiação adiada

REDAÇÃO

Publicado em 22/6/2020 - 15h21

O Globo de Ouro de 2021 foi adiado em quase dois meses. Devido à crise do novo coronavírus (Covid-19), a 78ª edição do prêmio, que seria realizada na primeira semana de janeiro, foi marcada para 28 de fevereiro. O Globo de Ouro é mais uma premiação de Hollywood afetada pela pandemia que paralisou a indústria de entretenimento mundial.

Em nota, a Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood (HFPA) disse que o adiamento ocorre "para acomodar tanto as produções do cinema e da TV, seja americana ou internacional". Novas datas sobre o período de votação e anúncio dos indicados serão divulgadas em breve.

Caso tudo ocorra bem, com o Globo de Ouro produzido normalmente, as comediantes Tina Fey e Amy Poehler serão as anfitriãs, repetindo parceria feita em três edições, de 2013 a 2015. Ainda não foi descartada a possibilidade da premiação ser realizada virtualmente.

A mudança de data do Globo de Ouro vem uma semana após a Ampas (Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, na sigla em inglês) adiar o Oscar do ano que vem, de fevereiro (dia 28, a atual data do Globo de Ouro) para 25 de abril.

O Tony (premiação do teatro) seria realizado no dia 7 deste mês, mas foi postergado para 12 de março do próximo ano. Os prêmios técnicos do Emmy (TV) serão feitos virtualmente --a cerimônia principal ainda está mantida para 20 de setembro. Já o Grammy (música) por enquanto mantém a data programada para entrega dos troféus em 31 de janeiro de 2021.

Leia também

Enquete

Com quem Irma merece ficar em Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.