Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MEMORÁVEL

O dia em que Jô Soares foi à ESPN e surpreendeu até mesmo a Globo

REPRODUÇÃO/ESPN BRASIL

Jô Soares com uma camisa preta em entrevista na ESPN em 2018

Jô Soares na ESPN: apresentador foi a programa de debate no canal da Disney e surpreendeu a Globo

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 6/8/2022 - 7h00

Amante de futebol e torcedor declarado do Fluminense, Jô Soares (1938-2022) surpreendeu ESPN e Globo em 15 de novembro de 2012. Sem que nada estivesse combinado, ele surgiu na sede do canal esportivo da Disney simplesmente para assistir ao programa Bate-Bola com sua mais lembrada formação: o trio João Carlos Albuquerque, o Canalha; Mauro Cezar Pereira; Paulo Vinicius Coelho, o PVC; e Lúcio de Castro.

A visita teve contornos lendários. Os envolvidos contam que a surpresa foi de todos os lados. Naquele dia, o Bate-Bola iria entrevistar Abel Braga, então técnico do Fluminense, que havia sido campeão brasileiro dez dias antes de forma antecipada. Era um dia comum, não fosse a presença ilustre do apresentador, que havia se tornado amigo pessoal de João Carlos Albuquerque.

"Eu falei brincando que o Edmundo, em 1997, tinha jogado tanto quanto o Garrincha no Vasco. No dia seguinte, ele me provocou no programa. Chamei ele de canalha na ESPN, como fazia com todo mundo. De repente, ele me liga, e dali começou uma amizade", disse Albuquerque em entrevista ao canal Futeboteco na semana passada.

Jô já havia dito para Canalha que gostava do debate e assistia todos os dias. De repente, naquele dia 15, o veterano simplesmente chamou seu motorista, Sebastião, e determinou que dirigisse até o bairro do Sumaré, zona oeste de São Paulo, onde fica até hoje a sede da ESPN. Os porteiros se surpreenderam quando o apresentador desceu do carro. Ele disse que foi ver o seu "amigo Canalha".

Como todo visitante, Jô Soares pegou seu crachá na portaria e foi até o estúdio onde ficava o Bate-Bola. "A ESPN entrou em erupção né? A porta do estúdio ficava atrás de mim e, de repente, o PVC aponta e fala: 'Olha quem tá ali'. Meu Deus, o Jô Soares, nem acredito! Ele ia ficar fora do ar, tinha medo de a Globo brigar, mas já que ele estava ali, colocamos ele junto da gente", relata João Canalha.

Rapidamente, a ESPN entendeu que um momento histórico estava se desenhando. A atração, que ia ao ar das 12h30 às 14h, ganhou mais uma hora e meia. Depois, Jô Soares foi cumprimentar jornalistas que estavam maravilhados com sua visita. A repercussão do programa foi tamanha que o canal o reprisou o programa naquele mesmo dia, em horário nobre, na íntegra.

Nos bastidores, comentava-se que a equipe do SporTV havia se chateado com a ida de Jô à ESPN. Dias depois, o humorista participou de um programa no canal esportivo da Globo, empresa em que ficou como contratado até 2016. Mauro Cezar Pereira, em conversa ao Notícias da TV, relatou que aquele Bate-Bola não terminou nos estúdios da ESPN. Pelo contrário.

"Depois daquele 15 de novembro de 2012, quando Jô apareceu de surpresa no estúdio do Bate-Bola, ficamos orgulhosos e surpresos, afinal, um gigante da televisão como ele disse ao vivo que não perdia o programa. Sinal de que fazíamos algo especial por ali. Em seguida, Jô nos ofereceu um jantar em sua casa horas depois de entrevistar o Lúcio de Castro em seu programa", relata Mauro.

Mesmo recluso há algum tempo, Jô Soares se mostrava solícito com quem era fã naqueles tempos. Canalha relatou que ainda conversava com ele com frequência. Já Mauro também enviava mensagens e chegou a convidá-lo para uma entrevista recentemente. Infelizmente, não houve tempo de realizar. 

"De vez em quando eu mandava mensagens, queria saber se estava tudo bem, ele fazia o mesmo, sempre muito gentil, generoso. No ano passado o chamei para participar do Dividida, programa de entrevistas que faço no UOL. Ele pediu um tempo, pois estava trabalhando em um novo livro. Não deu tempo de reforçar o convite", lamenta Mauro.

Depois desse dia, Jô Soares foi algumas outras vezes na ESPN. A principal delas foi no programa Bola da Vez, em 2018, quando deu uma longa entrevista. Foi sua última aparição em um canal de esporte na TV.

A morte de Jô Soares

Jô Soares se manteve afastado da TV desde então, numa rotina discreta, trabalhando apenas com literatura e teatro. Ele morreu na madrugada desta sexta (5), em São Paulo. Estava internado no Hospital Sírio Libanês desde o 28 de julho. O velório e a cremação foram restritos para amigos e familiares.

Inicialmente, a família não quis revelar a causa da morte e alegou que esse seria um pedido do próprio humorista, mas uma amiga íntima e ex-produtora do programa dele deu informações em entrevista para a Globo de que o artista morreu de causas naturais.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.