Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VITÓRIA JUDICIAL

Neto e Band vencem processo contra Ana Paula Henkel por defesa a Casagrande

REPRODUÇÃO/BAND

Neto com uma camisa vermelha e uma blusa preta por cima em seu programa na Band

Neto em Os Donos da Bola: apresentador e a Band vencem processo contra Ana Paula Henkel

GABRIEL VAQUER E LI LACERDA

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 29/3/2022 - 13h14
Atualizado em 29/3/2022 - 15h41

O ex-jogador Neto e a Band venceram em segunda instância um processo movido pela comentarista Ana Paula Henkel, da Jovem Pan. A ex-jogadora de vôlei pedia direito de resposta no programa Os Donos da Bola por conta de uma defesa proferida pelo ídolo do Corinthians a uma crítica feita pelo comentarista Walter Casagrande Jr, da Globo. Neto comemorou a decisão. "Liberdade de expressão", disse ele ao Notícias da TV.

A coluna teve acesso em primeira mão à decisão. O caso foi julgado pela 2ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo pelo juiz Renato Acacio de Azevedo. Ele acatou o parecer do relator do assunto, o desembargador Pedro Azevedo da Silva. Para Azevedo, o argumento de Ana Paula de que Neto havia extrapolado a liberdade de expressão não condiz com decisões parecidas na Justiça em casos semelhantes. 

"Ao contrário do que sustenta a apelante, a matéria em análise possui caráter meramente de opinião. A transcrição revela mais um desabafo feito pelo apresentador Neto em defesa do colega Walter Casagrande, o que se deu da forma contundente que caracteriza sua personalidade pública", afirmou o magistrado.

O relator comentou ainda que Neto não divulgou qualquer notícia falsa contra a comentarista da Jovem Pan. Ana Paula queria direito de resposta, segundo ela, para restabelecer a verdade dos fatos sobre as acusações que teriam sido feitas por Casagrande. Mas para a Justiça, não há verdade para ser relatada se Neto não mentiu. Ele também disse que Ana Paula deveria entrar com outra ação, diretamente para o contratado da Band, sem a demanda solicitada inicialmente.

"Mesmo sendo passíveis de questionamento as opiniões do réu, não há como impor-lhe a sanção proposta pela autora. Ao emitir a sua opinião, não formulou o comentarista notícia inexata, a possibilitar o restabelecimento da verdade dos fatos. Eventual excesso que a autora entenda ofensivo deve ser discutido em ação reparatória própria, distante dos estreitos limites desta demanda. Ante o exposto, meu voto nega provimento ao recurso", concluiu o relator.

Procurado pelo Notícias da TV, Neto comemorou a vitória, que disse ser um triunfo da liberdade de expressão: "A verdade é que é só liberdade de expressão. É o direito que você tem de falar de Big Brother, o direito que eu tenho de falar, que o Lollapalooza tem de falar, que os artistas têm de falar. É democracia. Só isso".

A defesa de Ana Paula Henkel também foi procurada e afirmou que iria se inteirar do assunto com a ex-jogadora de vôlei nesta terça (29) e que, por enquanto, não tem nada a dizer. 

Relembre a polêmica Ana Paula x Neto

A briga começou em 21 de fevereiro de 2021, quando Casagrande publicou em seu blog no portal GE, do Grupo Globo, um texto em que qualificava Ana Paula, apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), como "defensora dos violentos, dos antidemocráticos, das armas e de tudo que é ruim em nossa sociedade".

Horas depois, no mesmo dia 21 de fevereiro, Ana Paula usou o Twitter para retrucar o comentário do ex-atacante do Corinthians. "Prezado Casagrande, olhe para a sua vida e para um espelho. Eu sou o menor dos seus problemas, acredite. Tente me esquecer", respondeu a ex-jogadora em sua rede social. "Arrume o seu quarto primeiro, que há muitos anos está uma verdadeira bagunça, antes de querer 'consertar' o mundo", concluiu.

No dia seguinte, em 22 de fevereiro, Neto entrou na história. No programa Os Donos da Bola, da Band, o apresentador saiu em defesa de Casagrande e criticou a ex-jogadora de vôlei. "O que você fez pelo vôlei? Nada! Meu apoio ao Casagrande", falou Neto.

O processo contra Casagrande, Neto, Band e Globo foi movido no mês de abril do ano passado por Ana Paula, dois meses depois das críticas.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.