Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MARCELLO CAMARGO

Na Record, filho de Hebe Camargo critica série da Globo: 'Não reconheci minha mãe'

REPRODUÇÃO/RECORD

Imagem de Marcello Camargo em entrevista para o Domingo Espetacular

Marcello Camargo em entrevista para o Domingo Espetacular, da Record; filho de Hebe criticou série da Globo

REDAÇÃO

Publicado em 13/9/2020 - 21h30

Marcello Camargo, filho de Hebe Camargo (1929-2012), criticou o filme e a série exibidos na Globo sobre a vida da apresentadora. "Não reconheci minha mãe", relatou ele em entrevista para a Record exibida no Domingo Espetacular deste domingo (13). Ele também disse que teve problemas com o roteiro da história desde o início da produção.

"Não estou criticando a pessoa, os artistas, a Andréa Beltrão [que interpreta Hebe na produção]. Jamais, admiro demais ela como artista. Mas eu gravei um áudio e falei: 'Carol [Carolina Kotscho, roteirista], eu sou filho dela, não posso deixar o Brasil ter essa imagem dela. De bebida, palavrão, minha mãe não falava palavrão", desabafou ele para a equipe do Domingo Espetacular.

"Não pense que nós chegamos lá [com os roteiristas] e falamos: 'Ah, isso aqui'. 'Então tá, a gente tira!'[, respondeu a equipe] Não, eles contestavam, queriam provar que aquilo tinha um contexto importante ou alguma coisa. Mas eu falei: 'Não é questão de ter um contexto, é questão de não ser real, isso não existiu. Nós assinamos, e eles também, para retirar essas cenas", complementou Marcello.

A série, atualmente exibida pela Globo nas noites de quinta-feira, é uma adaptação do filme Hebe - A Estrela do Brasil (2019). Na entrevista, Marcello reforçou a importância da emissora carioca em informar que a obra é uma ficção baseada em fatos, e não uma biografia da apresentadora, e citou alguns exemplos dessa alterações.

"Ela gostava de uma bebidinha, aí eles botam no filme inteiro. Botam no camarim, ela bebia água! Água de coco, que ela adorava. Ela era extremamente profissional. [Em outras cenas, Hebe aparece] Cambaleando, falando enrolado. Por isso eu falei, não reconheci minha mãe!", destacou ele.

A equipe da Record entrou em contato com Carolina Kotscho, que rebateu as acusações. "Tenho o maior carinho pelo Marcello e não teria sido possível fazer esse trabalho sem todo o apoio que tive da família. Os roteiros do filme e da série são obras de ficção inspiradas na vida da Hebe, resultado de um trabalho de cinco anos, e foram previamente aprovados pela Hebe Forever, co-produtora do filme", disse ela.

"Minha pesquisa é baseada em mais de três mil recortes de revistas e jornais que um fã da Hebe organizou e entregou para os herdeiros depois da morte da apresentadora. Além disso, tenho registradas mais de 40 entrevistas com amigos e familiares. Todo esse material poderá ser conhecido nos quatro episódios da série documental, que está em fase de finalização", complementou.

Confira alguns trechos da reportagem:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?