Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

AGREDIDA EM 2016

Na Globo, Luiza Brunet revela gatilho com caso DJ Ivis: 'Me dá muita raiva'

Reprodução / Globo

Luiza Brunet no É de Casa, matinal da Globo: modelo relembra caso de agressão e fala do caso DJ Ivis - Reprodução / Globo

Luiza Brunet no É de Casa, matinal da Globo: modelo relembra caso de agressão e fala do caso DJ Ivis

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 17/7/2021 - 12h15

Luiza Brunet revelou que a agressão de DJ Ivis à sua mulher, Pamella Holanda, se tornou um gatilho e, por isso, evita acompanhar a repercussão do caso. "Me dá muita raiva", admitiu a modelo e empresária durante o É de Casa deste sábado (17). 

A artista foi convidada para o programa por ser uma militante no enfrentamento à violência doméstica. Ela foi agredida pelo empresário Lirio Parisotto em 2016 e chegou a pensar em desistir de denunciar seu agressor

"Eu não acompanhei muito o caso porque me dá muita raiva de ver que isso acontece. Me dá muita raiva de ver a forma como ele se portou tentando desqualificar ela e tentando se explicar de uma coisa inexplicável, porque existiam imagens que condenavam ele", apontou a convidada do matinal em conversa com Cissa Guimarães.

Outro fato que deixou a modelo perplexa foi o fato de o cantor ganhar seguidores nas redes sociais após a agressão vir à tona. Ele perdeu contratos, teve músicas deletadas por diversos artistas parceiros, mas ganhou mais de 200 mil "fãs" no Instagram. "A sociedade passou a segui-lo nas suas redes sociais. Por curiosidade evidentemente, mas muitos caras acharam ele 'fodástico', sabe?", disse Luiza Brunet, com indignação.

"Então, esse tipo de atitude a gente precisa rever. A violência contra a mulher fere a sociedade, ela tem um impacto muito grande na economia, porque a mulher ferida não conseguem trabalhar porque ela está machucada. E principalmente as crianças que vivem em um lar abusivo", frisou a artista e militante da causa. 

A frase serviu de gancho para que o apresentador Manoel Soares relembrasse a sua infância, na qual conviveu com um violentador dentro de casa. "Eu digo isso a você que isso [episódios de violência doméstica] desperta alguns gatilhos muito chatos em mim. Eu não consigo nem lembrar do rosto do meu pai, mas eu me lembro das violências que ele fez na minha casa", disse o jornalista. 

Soares ainda ressaltou que os homens é que são portadores do "problema" e que eles devem ser responsáveis por reprimir colegas covardes e que reproduzem discursos machistas e agressivos. "A mulher, ela só é a vítima de um problema de que nós homens temos", reforçou.

Caso DJ Ivis

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, foi preso na quarta-feira (14) em Fortaleza, no Ceará, após agredir a ex-mulher, Pamella Holanda. No fim de semana passado, vídeos com imagens de violência contra a influenciadora digital viralizaram nas redes sociais. De acordo com a vítima, ela foi agredida pela primeira vez quando ainda estava grávida da filha, Mel, hoje com nove meses.


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?