ESTREIA HOJE

MasterChef esnoba reality 'genérico' da Globo: 'Somos pioneiros, não olhamos pra trás'

FOTOS: CARLOS REINIS/BAND

Henrique Fogaça, Paola Carosella, Erick Jacquin e Ana Paula Padrão posando para foto, lado a lado, no estúdio de um programa de TV

Henrique Fogaça, Paola Carosella, Erick Jacquin e Ana Paula Padrão no estúdio do MasterChef

GABRIEL PERLINE - Publicado em 14/07/2020, às 07h10

Responsável por obrigar as outras emissoras a investir no filão dos realities gastronômicos, MasterChef Brasil estreia nesta terça-feira (14), na Band, sua sétima temporada com cozinheiros amadores. O formato foi reformulado por conta da pandemia do novo coronavírus, e a direção do programa deixou claro que não se importa com os concorrentes, como o Mestre do Sabor, da Globo, que tentam pegar carona em seu sucesso.

"Somos os pioneiros, imagino que a gente acaba abrindo muitas porteiras para todo mundo que veio depois. Concorrência é sempre saudável, faz a gente sair do eixo, a não fazer as mesmas entregas. A verdade é que temos mais experiência e acho natural que a gente tenha uma relação saudável por estarmos no mesmo seguimento, apesar de serem programas muito diferentes. Estreamos em 2014, e já fizemos de tudo. A gente se concentra no próximo passo, não olhamos para quem está vindo atrás", afirmou a diretora Marisa Mestiço.

MasterChef é um produto consolidado. Embora o reality já não entregue uma audiência tão satisfatória como antes --que permitia à emissora figurar por alguns minutos no primeiro lugar do Ibope durante a madrugada--, seu sucesso comercial é inegável. O reality, há anos, é o produto mais lucrativo da Band. E foi esse fator que inspirou outras emissoras a investirem no nicho.

Mesmo com mudanças drásticas em seu formato e a crise econômica provocada pela pandemia, a Band conseguiu vender 13 cotas de patrocínio e ainda negocia com outras cinco empresas para ampliar seu faturamento. Ao contrário das temporadas anteriores, a sétima não tem previsão para acabar e pode ser a mais longa de toda a história do formato no Brasil. Pode ir até o Natal.

Os prêmios, no entanto, serão mais modestos. Agora o vencedor de cada semana ganhará um cachê de R$ 5 mil para uso pessoal, e outro no mesmo valor que será destinado a uma insituição de caridade. Além disso, uma bolsa de estudos em uma universidade, um dispositivo de som eletrônico inteligente, vale-compras de R$ 500 em um site, um forno avaliado em R$ 3.000, jogo de panelas e kit de facas.

Paola Carosella orienta participante durante prova da nova temporada do Masterchef Brasil


Emissora adota medidas de segurança

Além de atualizar protocolos de higiene para evitar que participantes, apresentadores e funcionários da produção e da equipe técnica se contaminem durante o trabalho, a Band fez adaptações drásticas em seu formato.

Cada episódio contará com apenas oito participantes, que disputarão entre duas e três provas por noite. Aquele que for melhor avaliado pelos implacáveis jurados (Paola Carosella, Erick Jacquin e Henrique Fogaça) será consagrado o campeão da noite. Receberá seus prêmios e nunca mais voltará à competição. Na semana seguinte, um novo time de cozinheiros amadores entra em cena.

"O sentimento do programa continua o mesmo, as emoções ficaram mais afloradas. Fizemos adaptações para manter o cerne do programa. Impossível não ir visitar o participante na bancada. Agora, enquanto o participante está no fogão, o jurado está na ponta da pia. Na hora da degustação, os jurados provam pratos individuais. Não tem mais o púlpito com um prato só. Os participantes agora têm esse agravante, um aditivo de estresse, que é montar os três pratos iguais", explicou a diretora do reality.

Para dar mais segurança aos competidores, as idas ao mercado cenográfico --onde selecionam os ingredientes que usarão nas provas-- são ainda mais controladas. Só podem entrar quatro cozinheiros por vez, que devem manter o máximo distanciamento possível no local. As bancadas em que cozinham também estão mais espaçadas.

Ainda no quesito dinâmica, esta temporada será recheada de caixas misteriosas, feitas por artistas convidados. Na estreia, os cantores Ivete Sangalo, Thiaguinho, Tirulipa e a dupla Fernando & Sorocaba indicaram seus pratos prediletos, obrigando os cozinheiros amadores a criarem releituras mais elaboradas dos clássicos apontados pelos famosos.

Cozinheiros amadores

O perfil oficial do MasterChef Brasil já divulgou quem são os oito participantes do primeiro episódio da nova temporada, e trouxe algumas informações curiosas. Conheça os competidores:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook