LEGENDÁRIOS

Marcos Mion critica Record pelo fim de programa: 'Cometeram um grande erro'

REPRODUÇÃO/RECORD TV

Marcos Mion em A Fazenda; apresentador ainda lamenta o fim do programa Legendários - REPRODUÇÃO/RECORD TV

Marcos Mion em A Fazenda; apresentador ainda lamenta o fim do programa Legendários

GABRIEL PERLINE - Publicado em 16/11/2018, às 05h40

Já faz um ano que a Record decidiu acabar com o Legendários, mas o apresentador Marcos Mion ainda carrega na mente uma lista com os fatores que colaboraram para o fim de seu antigo programa. O principal, em sua opinião, foi um erro estratégico por uma parte da cúpula da emissora: a data de exibição. "Cometeram um grande erro", afirma.

Desde sua estreia, em abril de 2010, até fevereiro de 2017, o Legendários ocupava a faixa noturna dos sábados. Mas, do nada, a Record mudou o programa para as noites de sexta-feira e a audiência despencou.

"A Record queria colocar na sexta porque era mais forte comercialmente, e a mudança para a sexta foi uma pá de cal gigantesca. Porque não é simplesmente mudar o dia de exibição do programa, porque você muda muita coisa. É muita ingenuidade, só gente que não entende de TV que acha que mudar de horário ou de dia vai continuar tudo igual", desabafa.

A ideia da Record era turbinar o Legendários comercialmente com sua mudança para as noites de sexta. Mas boa parte do público cativo do sábado se perdeu pelo caminho, e o programa de Mion passou quase um ano inteiro em terceiro lugar, atrás de Globo e do SBT.

Mudar a data de exibição, para Mion, foi um erro crasso, mas ele também aponta outros fatores que pesaram contra o Legendários, que teve sua produção e transmissão suspensas em dezembro do ano passado.

"A gente mudou de data e horário, e na semana seguinte entrou a história da TV a cabo, a Simba. A Record inteira tomou um tremendo de um tombo. Além disso, nossa proposta era fazer um programa diferente a cada semana, mas chegou um ponto que um mesmo artista chegou a participar de dez programas no mesmo ano, A gente chegou à conclusão de que estava na hora de acabar", diz.

Mion passou meses sem saber qual seria seu destino na Record. Além do fim do Legendários, a Record optou por não produzir em 2018 a segunda temporada do reality show A Casa, que decepcionou em sua primeira e única edição, e ele teve dois programas cancelados em um curto espaço de tempo.

Com a demissão de Roberto Justus, ele encontrou refúgio em A Fazenda. O que a emissora talvez não esperava é que Mion conquistaria, de cara, a aprovação da crítica e do público, e se tornasse o melhor apresentador da história do reality.

"Quando a Record me chamou para fazer A Fazenda, eles sabiam quem eles estavam levando. Hoje em dia não tem segredo sobre como gosto de conduzir os programas, o que faço ou não faço, qual é o meu limite de ética e de entretenimento. Eu acho que na verdade essa liberdade que eles me deram dentro do formato é o que permitiu as coisas acontecerem da forma como estão acontecendo", reflete.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook