Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

GARAGEM HOT ROD

'Lata Velha' do Discovery tem carro para caçar zumbis, tiros e casamento

Imagens: Reprodução/Discovery

Alexandre Benevides, dono da Hot Company Brasil, com o Mustang do primeiro episódio - Imagens: Reprodução/Discovery

Alexandre Benevides, dono da Hot Company Brasil, com o Mustang do primeiro episódio

LUCIANO GUARALDO

Publicado em 1/3/2017 - 5h56

Uma oficina que transforma carros antigos em veículos customizados e de alto desempenho é o centro do programa Garagem Hot Rod, que o Discovery estreia em 17 de março. Parece o quadro Lata Velha, do Caldeirão do Huck, mas com um diferencial: no programa, não é apenas a beleza dos automóveis transformados que chama a atenção. Alguns se destacam pela bizarrice ou pelas histórias curiosas.

No segundo episódio, por exemplo, o cliente Marcos Scavacini chega à oficina Hot Company Brasil, localizada em Salto, no interior de São Paulo, com um pedido inusitado: ele deseja transformar seu Ford 1940 em um carro para caçar zumbis, com direito a machado nas portas e lataria do capô remendada.

"Sempre que o Marcão nos visita, nós já sabemos que alguma coisa diferente vem aí. Ele é totalmente pirado, fora da curva, só faz pedido maluco", diverte-se Alexandre Benevides, proprietário da oficina aberta em 1998, que confessa não fazer ideia do que o cliente faria com um carro que parece saído da série The Walking Dead.

Já a estreia é marcada por Dalter Salvador, dono de um Mustang 1968 original que deseja usar o veículo reformado no dia do casamento. Assim, uma transformação que levaria cerca de seis meses precisa ser feita em apenas dois. "Para fazer os sonhos dos malucos que passam por aqui, nós vivemos vários pesadelos", resume Alexandre, que diz que construir carro é tarefa fácil, difícil é lidar com as pessoas.

Um dos diferenciais de Garagem Hot Rod é que, apesar de mostrar uma oficina de veículos e as transformações realizadas, o programa também é pensado para quem não é apaixonado por carros.

"Acho que foi uma grande sacada. Outras séries do gênero mostram mais os automóveis, o projeto. A nossa usa os carros como pano de fundo para mostrar o dia a dia da oficina, a nossa interação. Os funcionários são os protagonistas, é quase uma novelinha", define.

O carro para caçar zumbi: machado na lateral, grade de proteção no vidro e cicatriz no capô

E, nessa novela da vida real, há espaço para conflitos e até romance, já que a mulher de Alexandre, Julia, trabalha como gerente da Hot Company Brasil. "Nós não escondemos nada das câmeras, brigamos, fazemos as pazes. Não somos atores para ficar mascarando o que acontece ou para seguir um roteiro", conta o proprietário da oficina.

Mas o humor é mesmo um dos motores principais de Garagem Hot Rod. Como uma grande família, os funcionários da oficina se provocam, brincam uns com os outros e até se divertem fora do expediente.

O mesmo Marcão do carro de zumbis leva Alexandre e Gordinho (gerente da HCB) para um clube de tiros, na qual eles fazem apostas sobre quem vai executar as partes mais chatas da transformação. "Eu não sou muito a favor de armas, mas a adrenalina foi tão legal e é tudo tão divertido que já quero voltar", adianta Alexandre.

Garagem Hot Rod estreia em 17 de março, às 20h40, no Discovery Channel. A série é uma coprodução do canal com a Mixer e tem oito episódios de uma hora.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Web Stories

+
Pedido divino e ‘cutucada’ no Facebook: 5 casais famosos que se conheceram onlineChurrasqueira em chamas e perseguição animal: Melhores momentos do Domingão do FaustãoAnitta, Juliette e Paolla Oliveira: Famosos que se posicionaram politicamente na webDe violência doméstica a desemprego: Como está o elenco de Roque SanteiroDe Fernanda Montenegro a Sônia Braga: Cinco atrizes que entraram para a história

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual o melhor reality show exibido no momento?