Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVO COLUNISTA

Jovem Pan contrata Alexandre Garcia, demitido da CNN por divulgar fake news

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

O apresentador Alexandre Garcia em vídeo publicado em seu canal no YouTube

Alexandre Garcia em vídeo publicado em seu canal no YouTube; novo contratado da Jovem Pan

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 9/11/2021 - 14h57
Atualizado em 9/11/2021 - 15h11

A Jovem Pan anunciou nesta terça-feira (9) a contratação de Alexandre Garcia, que havia sido demitido da CNN Brasil em 24 de setembro após divulgar por diversas vezes fake news sobre um suposto tratamento precoce contra a Covid-19. Na nova empresa, o ex-apresentador da Globo terá uma coluna de política no Jornal da Jovem Pan e no Jornal da Manhã.

A informação da contratação foi divulgada primeiramente pelo jornalista Flavio Ricco, do R7, e oficializada pela assessoria de imprensa da Jovem Pan em seguida. O quadro de Garcia estreia na TV e no rádio na próxima sexta-feira (12) ao vivo e se chamará A Semana com Alexandre Garcia.

A coluna do jornalista declaradamente apoiador de Jair Bolsonaro será exibida às 20h, no Jornal Jovem Pan, e durante o Jornal da Manhã, a partir das 6h.

Em 1º de novembro, Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha, havia anunciado a contratação de Alexandre Garcia em uma publicação nas redes sociais, mas voltou atrás momentos depois. O dono da Jovem Pan apagou a postagem, e a empresa negou a assinatura do contrato com o ex-apresentador da CNN Brasil. A negociação não estaria completa, a princípio.

Também ex-funcionário da CNN, Caio Coppolla retornou à Jovem Pan e trabalhará como comentarista político, assim como Garcia. 

Alexandre Eggers Garcia começou a trabalhar como locutor, produtor, repórter e animador de auditório de rádio aos 16 anos. Formado em Jornalismo pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), o apresentador já passou pela Globo, onde trabalhou durante mais de 30 anos e atuou como diretor de Jornalismo em Brasília, e em outros veículos do impresso.

Demissão da CNN Brasil 

Alexandre Garcia foi demitido da CNN Brasil após afirmar, mais de uma vez, que a Covid-19 pode ser tratada precocemente por meio de medicamentos sem eficácia comprovada. O comunicador havia sido contratado pelo canal em julho de 2020.

A informação sobre o desligamento de Garcia tinha sido divulgada pelo canal da TV paga por meio de uma nota enviada à imprensa.

"A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada. O quadro Liberdade de Opinião continuará na programação da emissora, dentro do jornal Novo Dia. A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo", declarou a CNN Brasil.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.