Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PRIVILÉGIOS

Governo livra celebridades de cumprirem quarentena para evento da MTV em Nova York

REPRODUÇÃO/MTV

A cantora Keke Palmer em vídeo promocional da premiação MTV Video Music Awards, entrevista para o canal

A cantora Keke Palmer apresentará o MTV Video Music Awards no dia 30 de agosto: sem quarentena

REDAÇÃO

Publicado em 24/8/2020 - 12h16

Cidade com grande número de infectados pela Covid-19, Nova York impôs uma quarentena obrigatória por 14 dias para qualquer turista que chegue à capital do Estado. Entretanto, o governo livrou as celebridades que vão participar do VMA (Video Music Awards) de cumprirem o requisito para o evento da MTV, que ocorre no dia 30 de agosto.

Para a premiação mais famosa da MTV norte-americana, as autoridades locais permitirão que cantores como Lady Gaga, Ariana Grande e Miley Cyrus --grandes estrelas do evento-- compareçam com o privilégio de burlarem a medida criada pelo governador Andrew Cuomo, de acordo com o jornal New York Post. O VMA será apresentado pela cantora Keke Palmer.

Antes epicentro do novo coronavírus, Nova York conseguiu conter a disseminação de casos após implantar medidas restritivas, mas ainda corre o risco de atingir um novo pico com a chegada do outono. Atualmente, qualquer visitante tem que ficar duas semanas isolado antes de poder circular livremente pelo município, mas a regra não vale para todos. 

Com um formato diferente este ano devido à pandemia, as apresentações serão realizadas ao ar livre com pouca ou nenhuma pessoa na plateia. Ainda segundo o jornal, as muitas celebridades e suas equipe presentes no evento serão obrigadas a usarem máscaras e a manter o distanciamento social. Policiais serão responsáveis por fiscalizar os artistas. 

"O Gabinete de Mídia e Entretenimento e Eventos em toda a cidade está trabalhando em estreita coordenação com a produção para garantir que as diretrizes sejam seguidas", disse um porta-voz da prefeitura de Nova York ao New York Post.

O cidadão comum que não faz a quarentena obrigatória e descumpre a medida imposta por Cuomo pode arcar com uma multa que pode ser de até 10 mil dólares (cerca de R$ 56 mil), além de pegar 15 dias de prisão.

Os artistas poderão participar da produção do show, mas terão que ficar isolados quando não estiverem trabalhando, de acordo com um representante do governador. Protocolos de segurança rigorosos, incluindo testes e triagem e verificações de conformidade por um oficial especial foram as condições estabelecidas para a realização do evento.

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas