Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Milton Neves

Globo veta cena de Velho Chico com homenagem a jornalista da Band

Fotos Reprodução

 - Fotos Reprodução

DANIEL CASTRO

Publicado em 15/9/2016 - 6h19
Atualizado em 15/9/2016 - 11h29

Apresentador da Band, Milton Neves está magoado com a Globo. A emissora vetou uma homenagem que o autor Benedito Ruy Barbosa lhe faria em Velho Chico. Na cena 22 do capítulo 104, o personagem Chico Criatura (Gésio Amadeu) iria se referir ao jornalista como "coronel Milton Neves". A fala foi escrita por Barbosa e estava no roteiro distribuído aos atores, mas não foi levada ao ar. A Globo diz que ocorreu um corte "normal" de edição.

Segundo Milton Neves, que só descobriu o veto nesta semana, não foi a primeira vez que isso aconteceu. Na reprise de o Rei do Gado (1996), no ano passado, falas de Antonio Fagundes sobre negociações de bois com um "coronel Milton Neves" também foram apagadas da versão original. Antes, o nome do jornalista esportivo já tinha sido citado seis vezes em Renascer (1992) _em O Rei do Gado, foram oito.

"O Benedito Ruy Barbosa me adora. É gratidão", diz Neves. O titular do Terceiro Tempo conta que essa "gratidão" vem desde que ajudou o novelista a arrumar locações para O Rei do Gado. As fazendas de café em que eram ambientadas as rixas dos Berdinazzi e Mezenga pertenciam a amigos de Milton Neves.

A fala cortada pela Globo não tinha a menor relevância para a trama. Na cena, Chico Criatura atendia em seu bar uma ligação de Andy, um ex-editor de Martim (Lee Taylor) que queria contar-lhe sobre um importante prêmio. O jornalista só falava inglês. Apesar de não dominar a língua estrangeira, Criatura entendeu que deveria passar o telefone para o fotógrafo.

O personagem Chico Criatura (Gésio Amadeu) na cena que teve fala cortada pela Globo

"Martim! Ô, Martim. Ó, criatura, num sei que ocêaprontô, mais tem gente do estrangêro vindo lhe caçá pelo telefone!", gritou Chico Criatura. "Pra mim?", reagiria Martim. "Pra mim é que num era, que meu amigo mais distante é coroné Milto Neves, que se bandeô lá pras banda do Paraguai. Mais ele num me liga e nem fala estrangêro", responderia Chico Criatura. Essa trecho foi cortado da cena exibida em 14 de julho (assista aqui).

A Globo nega ter censurado a fala por envolver um apresentador de emissora concorrente. Diz que o trecho foi suprimido em um procedimento "normal" de edição, devido à oscilação na duração de cada capítulo. "Durante a edição, por conta das variações da minutagem que são apresentadas dia a dia, é comum que sejam feitos cortes em algumas cenas no momento. Nada fora do comum", afirmou a área de Comunicação da emissora.

ACERVO PESSOAL

Benedito Ruy Barbosa e Milton Neves em 1995, quando jornalista ajudou autor a achar locação


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Web Stories

+
Oportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundoDe sequestro-relâmpago a surto de ciúme: Veja a história de Kyra e Alan em Salve-se Quem PuderDe buraco de minhoca à salvação do Tesseract: O que você precisa saber antes de ver Loki

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?