Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FENÔMENO JUMA

Globo suga Pantanal ao máximo para subir audiência de Huck, Ana Maria e Fátima

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Alanis Guillen caracterizada como Juma Marruá, com uma blusa rosa e uma arma em punho

Alanis Guillen em Pantanal; novela vira onipresente e sobe audiência de programas da Globo

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 15/6/2022 - 6h40

Sucesso no horário das nove, Pantanal virou uma novela onipresente na Globo. Tal qual o BBB quando está no ar no início do ano, programas de entretenimento da emissora estão brigando para falar do folhetim de Bruno Luperi nos bastidores. O motivo é simples: assim que se coloca no ar uma atração com o elenco ou uma pauta sobre a produção, a audiência e a repercussão sobem.

Domingão com Huck, Mais Você e Encontro já experimentaram esse "doce sabor" nas últimas semanas. A produção de Ana Maria Braga é a mais empolgada. A equipe tenta marcar mais entrevistas com os principais nomes da novela. Uma data com Allanis Guillen e Jesuita Barbosa juntos é o grande sonho de consumo do matinal.

Segundo apurou o Notícias da TV, o Mais Você observou um crescimento de 20% em sua audiência com entrevistas sobre Pantanal. As conversas com Dira Paes, no último dia 3, e Leandro Lima, na última segunda (13), chegaram a picos de 10 pontos na Grande São Paulo. Record e SBT, somadas, davam 7 pontos.

Como é produzido em São Paulo, o programa de Ana Maria tem mais dificuldade em levar atores e atrizes que moram no Rio de Janeiro. Já o Encontro tem vantagem geográfica, e a produção até criou uma espécie de mesa-redonda para comentar as cenas da novela. Com isso, a atração de Fátima Bernardes tem dado picos diários de audiência na casa dos 8 pontos em São Paulo e até 12 pontos no Rio de Janeiro.

O Domingão também experimentou seu dia de glória graças ao sucesso do folhetim. Com um VT especial sobre os bastidores das gravações realizadas no Mato Grosso do Sul, o programa teve seu recorde desde a estreia nos domingos, em setembro de 2021. Foram picos de 21 pontos na capital paulista e 23 no Rio de Janeiro.

Por causa do sucesso, Luciano Huck deseja sempre ter alguém de Pantanal como convidado nos programas daqui até seu último capítulo e busca também outras pautas sobre para incluir a novela na atração. Uma possibilidade estudada é mostrar como o povo tem se reunido para ver a história de José Leôncio (Marcos Palmeira).

Pantanal fica no ar até outubro, quando será substituída por Travessia, novela de Gloria Perez com direção de Mauro Mendonça Filho. Na última segunda-feira (13), Pantanal bateu recorde de audiência na Grande São Paulo com 33,1 pontos de média e picos de 34,5. 


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.