Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CRÍTICA SOCIAL

Gianecchini detona fama a qualquer custo na internet: 'Ninguém quer estudar'

REPRODUÇÃO/CNN BRASIL

Imagem de Reynaldo Gianecchini no À Prioli, da CNN Brasil

Reynaldo Gianecchini no À Prioli, da CNN Brasil; ator alfinetou fama a qualquer custo na web

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 3/4/2022 - 13h54

Reynaldo Gianecchini deu uma alfinetada nas pessoas que desejam ter fama a qualquer custo na internet. "A sensação que tenho é de que ninguém, às vezes, quer estudar", reclamou o galã enquanto analisava o sucesso alcançado pelos influenciadores digitais.

"Tudo bem, ganhar dinheiro com o TikTok, que legal, eles estão fazendo um monte de coisa, mas também não podem só querer ganhar dinheiro rápido, ser famoso e esquecer que tem outras profissões incríveis, que você pode estudar. A sensação que eu tenho é que ninguém, às vezes, quer estudar", afirmou Gianecchini durante o À Prioli de sábado (2).

Na entrevista com Gabriela Prioli, o ator alfinetou os talentos da nova geração: "Adoro conversar com gente muito jovem, saber onde eles estão, cheios de coisa nova, mas assim, [eles] não conhecem um artista, não estão entendendo quem é o Caetano Veloso, também não pode!".

"Querem fazer essa coisa de: 'Vamos fazer uma coisa de blogueirinho, vou ganhar meu dinheiro', e não querem aprofundar em outras coisas. É isso que acho que tem que tomar cuidado", complementou o galã.

"É quase uma discussão sobre o que é sucesso", ponderou a contratada da CNN Brasil, e Gianecchini disse: "É muito excitante a gente viver o novo, se não, a gente vai ficando velho, a verdade é essa. Quem é velho? É aquele que ficou no passado. Tudo bem, ficamos velhos na aparência física, porque o corpo vai caindo. Porém, se você mantiver a mente antenada com o presente, você nunca vai ficar velho".

Ao longo da atração, o ator também desabafou sobre a pressão que viveu durante a estreia em Laços de Família (2000) e no momento em que enfrentou um câncer, o linfoma não-Hodgkin de células T.

"A minha cabeça estava mais ferrada quando estreou a novela [Laços de Família] do que quando estive doente [com câncer]. Quando estive doente, a minha cabeça estava ótima. Eu entendi, não briguei e falei: 'Vamos embora! Vamos viver esse processo'. Cada dia era tão interessante, cada conquista, percepção de estar vivo", pontuou Gianecchini.

Confira a entrevista na íntegra:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.