Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

NA CULTURA

Galvão Bueno se emociona com Senna e alfineta Neymar em Roda Viva histórico

Reprodução/YouTube

Galvão Bueno tem expressão séria durante entrevista ao podcast Flow em 2023

Galvão Bueno em entrevista para o podcast Flow no ano passado; narrador gravou o Roda Viva

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 18/6/2024 - 18h25

Galvão Bueno nunca se furtou de emitir opiniões contundentes sobre o mundo esportivo, mas se viu em uma situação inédita nesta terça-feira (18). O narrador mais amado (ou odiado, dependendo de para quem se pergunta) da TV brasileira gravou o programa Roda Viva, da Cultura. No centro da atração, se emocionou ao falar da amizade com Ayrton Senna (1960-1994) e alfinetou o jogador Neymar.

A gravação desta terça marcou a volta de Galvão ao Roda Viva após quase 40 anos. Em 1986, ele havia participado da atração, mas do outro lado da entrevista --estava na bancada, justamente para sabatinar Senna. Na ocasião, o programa contou com Reginaldo Leme e Marcelo Rezende (1951-2017).

O narrador, que agora comanda um quadro de histórias emocionantes no É de Casa, da Globo, relembrou sua história com o piloto e ficou emocionado ao contar causos que viveu com Senna ao longo da amizade.

Já ao falar de Neymar, Galvão foi menos efusivo. Disse que não tem nada contra o jogador, mas considera que ele decepcionou a torcida brasileira ao falhar dentro de campo em algumas ocasiões importantes.

Bueno preferiu não julgar a vida do craque fora do gramado --nos últimos meses, Neymar tem aparecido muito mais pelo que apronta em sua vida pessoal do que pelo seu desempenho esportivo.

O Notícias da TV apurou com fontes que acompanharam a gravação que a edição com Galvão Bueno foi considerado muito boa, uma das melhores --senão a melhor-- dos últimos anos do Roda Viva.

A equipe aposta tanto na repercussão do programa que a exibição, prevista inicialmente para a próxima segunda (24), foi adiada para a semana seguinte (1º), para não conflitar com a estreia do Brasil na Copa América.

O narrador, que já foi bastante criticado e até rendeu um movimento de "cala a boca" nas redes sociais, vive uma fase bem diferente atualmente. Ele conseguiu reverter sua rejeição diante da opinião popular; hoje, o público chega a afirmar que sente falta da emoção transmitida pelo locutor durante as partidas da Seleção Brasileira e as corridas de Fórmula 1.


Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.