Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

POCAH

Funkeira tem música censurada no Domingão do Faustão e revolta fãs

REPRODUÇÃO/GLOBO

Pocah no Domingão do Faustão

Pocah cantou seu hit Não Sou Obrigada, mas teve a letra alterada e gerou revolta nos fãs da funkeira

REDAÇÃO

Publicado em 1/12/2019 - 18h45

A funkeira Pocah teve sua música censurada no Domingão do Faustão neste domingo (1º) e deixou seus fãs revoltados. Ao cantar seu principal sucesso, Não Sou Obrigada, ela teve que alterar a letra de algumas estrofes a pedido da produção, que considerou o teor muito pesado para o horário de exibição do programa da Globo.

As palavras tidas como vulgares para o horário foram "raba" e "bunda", repetidas por diversas vezes na música, sobretudo em seu refrão, que originalmente diz: "Deixa eu te lembrar que eu não sou obrigada a nada / Ninguém manda nessa raba / Uma bunda dessa não nasceu pra ser mandada / Ninguém manda nessa raba".

A produção achou de bom tom alterar "raba" para "gata", e "bunda" por "mulher". Com as mudanças, a música ficou: "Deixa eu te lembrar que eu não sou obrigada a nada / Ninguém manda nessa gata / Uma mulher dessa não nasceu pra ser mandada / Ninguém manda nessa gata".

As trocas geraram estranheza aos fãs, que não aceitaram as trocas e acusaram a Globo de promover censura na letra da música mais famosa de Pocah. Veja algumas reclamações publicadas no Twitter:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você acha que a Globo deu um tiro no pé em reprisar uma novela tão recente como A Força do Querer?

Sim, 2017 é logo ali
21.50%
Não, a novela merece ganhar esse espaço atual
18.71%
Vacilaram, tinham outras opções
42.03%
Não vejo, não sou capaz de opinar
17.76%