NINGUÉM MANDA NESSA O QUÊ...

Filha de Sandra Annenberg canta música censurada no Domingão do Faustão

Reprodução/TV Globo

Elisa Paglia com Sandra Annenberg no quadro Ding Dong do Domingão do Faustão deste domingo (23)

Elisa Paglia com Sandra Annenberg no quadro Ding Dong do Domingão do Faustão deste domingo (23)

REDAÇÃO - Publicado em 23/02/2020, às 18h21

A atriz Elisa Paglia, filha dos jornalistas Sandra Annenberg e Ernesto Paglia, participou com a mãe do quadro Ding Dong deste domingo (23) e, enquanto tentava adivinhar o artista por trás da campainha musical, acabou cantando uma música que havia sido censurada pela equipe do Domingão do Faustão em dezembro do ano passado.

Logo na primeira música, a dupla Mateus Solano e Luis Miranda não conseguiu descobrir que se tratava de Só Depois do Carnaval, da cantora Lexa, e arriscou que o responsável pelo funk era Kevinho. Na sequência, Elisa soltou a voz e arriscou: "Uma raba dessas não nasceu pra ser mandada, ninguém manda nessa raba".

A filha de Sandra Annenberg fazia referência à canção Não Sou Obrigada, da funkeira Pocah, mas também errou. Sobrou para o público adivinhar a real artista da música.

No Twitter, uma internauta identificada apenas como Camilinha apontou que, como é gravado, o programa cortou rapidamente a cantoria de Elisa para a plateia. Confira:

O curioso é que na edição de 1º de dezembro do programa de Fausto Silva, a artista anteriormente conhecida como MC Pocahontas de fato era uma das artistas escondidas pela campainha musical com a mesma Não Sou Obrigada. Mas, na ocasião, ela teve de alterar a letra da música a pedido da produção. 

As palavras tidas como vulgares para o horário foram "raba" e "bunda", repetidas por diversas vezes na música, sobretudo em seu refrão, que originalmente diz: "Deixa eu te lembrar que eu não sou obrigada a nada / Ninguém manda nessa raba / Uma bunda dessa não nasceu pra ser mandada / Ninguém manda nessa raba".

A produção achou de bom tom alterar "raba" para "gata", e "bunda" por "mulher". Com as mudanças, a música ficou: "Deixa eu te lembrar que eu não sou obrigada a nada / Ninguém manda nessa gata / Uma mulher dessa não nasceu pra ser mandada / Ninguém manda nessa gata".

As trocas geraram estranheza aos fãs, que não aceitaram as trocas e acusaram a Globo de promover censura na letra da música mais famosa de Pocah. Pelo jeito, Elisa Paglia não tomou conhecimento do fato e soltou a letra original no dominical.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook