Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ERRATA

Erramos: Colocada à venda na pandemia, mansão de Império não foi negociada

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Alexandre Nero como o personagem José Alfredo olha sério para uma folha de papel em cena da novela Império, da Globo

José Alfredo (Alexandre Nero) em Império; mansão usada como cenário de novela esteve à venda

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 31/1/2022 - 16h45

Diferentemente do informado pelo Notícias da TV em 17 de janeiro, a mansão onde José Alfredo (Alexandre Nero) encontra sua fortuna roubada na novela Império (2014) não foi comprada na vida real por R$ 9 milhões. O imóvel, que serve como locação de cenário para novelas e eventos luxuosos, havia de fato sido colocado à venda durante a pandemia da Covid-19, mas não chegou a mudar de proprietário.

Localizada no Rio de Janeiro, a mansão fora ofertada em sites de imobiliárias da capital fluminense ao longo de 2021, em meio à crise sanitária que paralisou festas como casamentos e aniversários. Em contato com a reportagem, entretanto, a dona da Maison Paineiras informou que o imóvel não foi vendido e que o anúncio apenas foi retirado do ar.

De acordo com o site oficial do casarão, o espaço suporta eventos para até 350 convidados. A mansão fica no Alto da Boa Vista, área nobre do Rio de Janeiro. Conta com piscina, um salão de festa de 550 metros quadrados, pátio central coberto, salões interligados, cozinha industrial, entre outros ambientes climatizados. 

Em Império, novela das nove da Globo exibida originalmente entre 2014 e 2015 e reprisada em 2021, o local serviu como a mansão de Petrópolis em que Maria Marta (Lilia Cabral), mulher de José Alfredo, vivera no passado com o mordomo Silviano (Othon Bastos), primeiro marido dela. Na trama, o empregado roubava o dinheiro do patrão e o escondia na piscina do casarão sob uma laje falsa e grama. 

TUDO SOBRE

Globo

Império


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.