Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Shark Tank Brasil

Em reality show, participante tenta vender leite materno em forma de bijuteria

Divulgação/Canal Sony

Os empreendedores Julia Moraes e Vagner Wolfart no episódio desta sexta (28) de Shark Tank - Divulgação/Canal Sony

Os empreendedores Julia Moraes e Vagner Wolfart no episódio desta sexta (28) de Shark Tank

REDAÇÃO

Publicado em 28/9/2018 - 5h08

No episódio desta sexta-feira (28) de Shark Tank Brasil, uma empresária tenta apelar para a sensibilidade familiar dos jurados com o objetivo de vender seu produto. Julia Moraes desenvolveu uma tecnologia para transformar leite materno em brincos e pingentes. Ela deixa os "tubarões" do reality show do Canal Sony intrigados com sua invenção.

Julia é farmacêutica industrial e já vendeu mais de 2 mil pingentes em sua loja virtual, chamada Pingente de Amor. O negócio funciona da seguinte forma: mães tiram 10 mililitros de leite, congelam e enviam dentro de um isopor, pelo correio, para a empresa, que funciona na casa da empreendedora.

Em sua microindústria, ela demora de 15 a 20 dias para tratar o leite com todos os processos químicos necessários e deixá-lo no formato de um pingente, brinco ou quadro decorativo, produto mais recente da empresa.

"Minha fórmula conquistei na tentativa e erro, fiquei uns três meses testando. O marketing da Pingente de Amor até agora só funcionou no boca a boca", diz a empreendedora, que já tem o negócio há um ano e fatura em média R$ 30 mil por mês. Cada pingente avulso custa R$ 100.

O objetivo de Julia e seu sócio, Vagner Wolfart, é conseguir R$ 300 mil dos investidores, em troca de 10% de participação na empresa. "Esse processo é muito artesanal, você precisa garantir que o pingente foi feito com leite daquela mãe, precisa deixar tudo muito organizado", ressalta o tubarão João Appolinário.

Além das bijuterias de leite materno, outra proposta intriga os investidores. Três empresários do Espírito Santo criaram um restaurante que vende apenas coxinhas, mas com alguns detalhes. O salgado é assado, em vez de frito, e tem recheios que representam comidas típicas de vários países.

divulgação/canal sony

Os investidores do Shark Tank Brasil provam coxinhas com diferentes sabores nesta sexta 

Apesar de provarem e elogiarem o sabor, os investidores não compram a ideia logo de cara. Cristiana Arcangeli experimenta a coxinha "low carb", mas desconfia: "Eu tenho um problema, eles querem vender um conceito saudável, com vegano, low carb, mas agora também querem fazer uma com polenta, calabresa... Só porque é assada não é saudável", critica.

Também participam desse episódio empreendedores que criaram uma plataforma online para recrutamento de jovens jogadores de futebol para clubes e o dono de uma empresa que faz cases resistentes para instrumentos musicais.

O programa também mostra como está hoje a empresa que conseguiu o maior investimento já proposto no Brasil, de R$ 2.750.000.

Formato de sucesso em mais de 30 países, o reality show vai ao ar hoje no Canal Sony, às 22h, com reprise no domingo, às 23h.

Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
BBB 22: Luciano sabota sonho da fama e se frustra com número de seguidoresFinal de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca Record

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas