MEMÓRIA DA TV

Em 1997, Globo queria Você Decide para revelar 'assombração' de A Indomada

Fotos: Reprodução/TV Globo

A beata Lurdes Maria (Sônia de Paula) acabou sendo revelada como o Cadeirudo de A Indomada - Fotos: Reprodução/TV Globo

A beata Lurdes Maria (Sônia de Paula) acabou sendo revelada como o Cadeirudo de A Indomada

THELL DE CASTRO - Publicado em 24/03/2019, às 06h31

Sucesso da Globo de 1997 e atualmente reprisada pelo canal Viva, A Indomada teve um mistério que prendeu a atenção do público: a fictícia cidade de Greenville, onde se passava a trama, era assombrada pelo Cadeirudo, cuja identidade foi mantida em segredo durante boa parte da novela. A Globo cogitou deixar a decisão na mão dos telespectadores, em uma espécie de Você Decide, mas acabou desistindo da ideia.

O Cadeirudo era uma figura misteriosa, com andar peculiar, que atacava as mulheres da cidade nas noites de lua cheia. O autor Aguinaldo Silva, que escreveu a novela em parceria com Ricardo Linhares, revelou ao jornal O Estado de S. Paulo de 17 de agosto daquele ano que, até aquele momento, existiam cinco suspeitos: Egydio (Licurgo Spínola), Vieira (Catarina Abdala), Richard (Flávio Galvão), Padre José (Pedro Paulo Rangel) e Lurdes Maria (Sônia de Paula).

Na mesma reportagem, Silva disse que existia a possibilidade de a Globo promover um Você Decide especial para a novela, com o público votando por telefone em um dos suspeitos. "Ainda não sabemos se é viável", destacou. "Até o assunto esquentar, daremos quatro pistas", completou. A iniciativa acabou não se consolidando.

Em 7 de setembro, Aguinaldo Silva informou que subiu de cinco para oito o número de suspeitos. Entraram para a lista de possíveis Cadeirudos a balconista Berbela (Daniela Faria), seu irmão Beraldo (Rodrigo Faro) e a garçonete Elaine (Cristina Galvão).

"Nós aumentamos os suspeitos para fazer uma escolha melhor, até para Portugal", disse, adiantando que provavelmente o Cadeirudo do Brasil não seria o mesmo da versão portuguesa, exibida com um mês de atraso.

Em 28 de setembro, o Estadão afirmou que o personagem poderia ser também o político Pitágoras (Ary Fontoura).

"Há várias pistas que levam ao nome de Pitágoras. Primeiro, por que ele vai ganhar um clone? Depois, o homem passou a novela toda sendo rejeitado pela mulher Cleonice (Ana Lúcia Torre) e por Altiva (Eva Wilma). Sem contar que não está entre os frequentadores da Casa de Campo e o caráter nunca foi o seu forte", explicou a publicação.

No fim das contas, depois de muito suspense, a identidade do Cadeirudo foi revelada: era Lurdes Maria, uma das mais ferrenhas beatas da cidade, que, junto com a vilã Altiva (Eva Wilma), dedicava-se a infernizar a vida da cafetina Zenilda (Renata Sorrah) e de suas meninas.

Verdadeiro Cadeirudo nunca apareceu

Apesar da revelação, o "verdadeiro" Cadeirudo nunca apareceu. Sempre que entrava em cena, o personagem era vivido pelo ator e bailarino capixaba Jandir de Angelis, então com 30 anos, que passou toda a novela com o rosto escondido. 

O bailarino Jandir de Angelis em ataque do Cadeirudo

"A gente fica um pouco frustrado por não aparecer durante todo o trabalho", admitiu Angelis ao Estadão de 5 de outubro. "Todo ator gosta de mostrar a cara e ter falas." 

O jornal também informou que, ao ser convidado para o trabalho, ele já havia sido informado de que seria dessa forma. "Sua escolha não foi aleatória. Angelis diz que o diretor Marcos Paulo o escolheu, em primeiro lugar, por ser bailarino. 'Quem dança tem um trabalho de corpo diferente do de ator'", enfatizou o jornal.

Mesmo sem saber quem seria o artista escolhido antes da revelação, Jandir tinha certeza de que o Cadeirudo era Lurdes Maria. "Ele afirma que, de todos os ataques, o sofrido pela beata nunca foi mostrado, apenas contado por ela. 'Eu não gravei esse ataque. Ou ela está deliberando, ou inventou para ter um álibi'. Se não for ela, ele está certo de que é outra mulher", concluiu a reportagem.


THELL DE CASTRO é jornalista, editor do site TV História e autor do livro Dicionário da Televisão Brasileira. Siga no Twitter: @thelldecastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que falta para Amor de Mãe conquistar mais audiência?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook