Memória da TV

Em 1990, Globo caiu em trote e divulgou notícia falsa em rede nacional

Reprodução/Globo

O jornalista Cid Moreira no estúdio do Jornal Nacional em 1990

Cid Moreira no estúdio do Jornal Nacional em 1990; por pouco a notícia falsa não entrou no jornalístico

THELL DE CASTRO - Publicado em 08/09/2019, às 06h57

Muitos anos antes das mais variadas fake news assolarem as redes sociais e o WhatsApp, a Rede Globo foi vítima de um trote e divulgou uma notícia falsa em rede nacional há 29 anos, em 1990. O caso, que por pouco não foi divulgado no Jornal Nacional, não ficou impune e provocou a demissão de nove jornalistas.

No dia 1º de setembro daquele ano, às 18h30, a emissora noticiou que 60 brasileiros, 20 dos quais da cidade mineira de Governador Valadares, teriam sido presos tentando entrar clandestinamente nos Estados Unidos, através da fronteira com o México.

Mas tudo não passava de um trote de duas repórteres da sucursal de Governador Valadares do jornal Hoje em Dia, que ligaram para a TV Leste, afiliada global naquela localidade, e passaram a informação falsa.

De acordo com matéria da Folha de S.Paulo de 6 de setembro de 1990, a brincadeira, evidentemente, era para ficar restrita à TV Leste. "Quando viram na televisão a notícia, em uma chamada para o Jornal Nacional, as duas repórteres entraram em pânico e avisaram a TV Leste, que passou o pânico para frente", informou a reportagem. "A notícia foi barrada a tempo de não entrar no JN", completou o texto.

O jornal procurou Alberico Souza Cruz, então diretor de jornalismo da Globo, que não foi encontrado para comentar a notícia.

Ainda de acordo com a publicação, a Globo tentou checar a notícia, mas não conseguiu. Sem internet para agilizar o processo (até mesmo ligações telefônicas eram difíceis de serem feitas em algumas ocasiões naquela época), a emissora tinha apenas o telex enviado pelas repórteres para a TV Leste, que seria assinado pela Polícia Federal.

"A PF não estava aberta no sábado e não houve como confirmar a informação. Com um fato quente nas mãos, que poderia chegar à qualquer concorrente, a decisão foi dar a notícia mesmo assim –e imediatamente", explicou a Folha.

A ideia original dos jornalistas da Globo era divulgar a informação no Jornal Hoje, na hora do almoço. Mas a TV Leste não conseguiu enviar imagens para o Rio de Janeiro. Algumas horas depois, mesmo sem qualquer confirmação, regra número um do jornalismo, o Brasil inteiro ficou sabendo do fato, que, evidentemente, não teve grande repercussão justamente pela falta de algo como as redes sociais. Tanto que a própria Folha divulgou a história somente alguns dias depois.

Mesmo assim, o caso não ficou impune: as duas repórteres do Hoje em Dia foram demitidas. De acordo com a Folha, também aconteceram sete demissões no departamento de jornalismo da Globo no Rio de Janeiro. "Na distribuição de responsabilidades, a TV Leste afirma que a Globo vacilou ao dar a informação não-checada, e a TV Globo de Belo Horizonte, de propriedade da rede, joga o problema nas costas da TV Leste e do Hoje em Dia", finalizou o texto.


THELL DE CASTRO é jornalista, editor do site TV História e autor do livro Dicionário da Televisão Brasileira. Siga no Twitter: @thelldecastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou de Órfãos da Terra?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook