Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Luto

Diretor e ator Henrique Martins morre dois dias antes de completar 85 anos

Fotos: Divulgação/SBT

Henrique Martins com Thais Fersoza durante gravação de Os Ricos Também Choram, em 2005 - Fotos: Divulgação/SBT

Henrique Martins com Thais Fersoza durante gravação de Os Ricos Também Choram, em 2005

REDAÇÃO

Publicado em 26/8/2018 - 14h57

O ator e diretor Henrique Martins morreu neste domingo (26) em São Paulo. Ele completaria 85 anos na terça (28). Astro da TV Tupi, Henrique Martins  protagonizou O Sheik de Agadir, em 1966, a primeira novela da Globo com cenas gravadas no Rio de Janeiro. Com trabalhos em diferentes emissoras, ele foi o responsável pela direção de mais de 20 projetos no SBT entre 1994 e 2009. Amigos lamentaram a morte do "mestre".

Seu velório e enterro ocorrerão nesta segunda (27) no Cemitério Israelita do Butantã, na capital paulista. "A teledramaturgia deve muito a ele. Vai em paz, Henrique! Muita luz e força a você e aos que aqui ficam, familiares e amigos. Fará muita falta", declarou o SBT por meio de sua assessoria de Comunicação.

O diretor havia sido internado no hospital Samaritano, em São Paulo, após cair em casa e quebrar duas costelas. Ele teve falência múltipla de órgãos e não resistiu. Viúvo, deixa três filhos.

O ator nasceu em Berlim, na Alemanha, e foi registrado como Heinz Schlesinger. Filho de uma dona de casa e um costureiro, veio pequeno para o Brasil. Começou na dramaturgia após fazer um teste como ator de rádio ainda garoto, época em que adotou o nome artístico Henrique Martins.

Ganhou destaque ao estrelar O Sheik de Agadir com Yoná Magalhães, uma das novelas mais representativas de capa e espada nos anos 1960. Depois, além de atuar, tornou-se diretor de novelas com trabalhos na Band, Record, Manchete e SBT, sua principal casa nos últimos tempos. 

A última aparição de Henrique Martins na TV foi uma participação em Carrossel (2012)

Chamado de Alemão nos bastidores, comandou Éramos Seis (1994), Pequena Travessa (2002), Os Ricos Também Choram (2005) e Revelação (2008), entre outras tramas. Sua última aparição na TV foi em uma participação especial no remake de Carrossel, em 2012.

Nas redes sociais, amigos e ex-colegas de trabalho lamentam a morte do diretor. Leonor Corrêa, ex-diretora do programa Eliana e irmã de Fausto Silva, disse que Martins "a ensinou muito".

Silvio Luiz, apresentador e narrador esportivo da RedeTV!, escreveu em sua página no Twitter sobre a perda do "grande ator de muitas novelas". Petrônio Gontijo, que atualmente interpreta Pedro na novela Jesus, da Record, publicou no Instagram uma foto antiga do ator, com a legenda "o cara, o amigo, o mestre".

Leia também

Web Stories

+
Traição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileirosLonge dos holofotes: Veja por onde andam cinco atores de Hilda Furacão

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você vai acompanhar após o fim do No Limite e Power Couple?