Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DEMITIDO

Comentarista Carlos Cereto deixa a Globo após 20 anos: 'Tudo termina'

REPRODUÇÃO/GLOBO

Carlos Cereto, com uma blusa rosa, na redação da Globo em São Paulo

Carlos Cereto no SporTV: jornalista foi dispensado após 20 anos da Globo

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 1/7/2021 - 11h58
Atualizado em 1/7/2021 - 12h40

Um dos comentaristas esportivos mais polêmicos do Brasil, o jornalista Carlos Cereto deixou a Globo nesta quinta-feira (1º) após 20 anos. Ele atuava no Redação SporTV desde o início do ano e não apareceu no programa em junho. "A Globo e o SporTV mudaram muito. Eu também mudei. Estou em busca de mudanças e transformações. Novos desafios. Tudo termina. O ciclo terminou, pelo menos por ora", explicou ao Notícias da TV.

A coluna apurou que Cereto foi demitido do Esporte da Globo em São Paulo. Já não existia clima entre com a chefia da empresa após rusgas internas. Ambos, então, negociaram a saída de forma amigável devido ao tempo de casa do jornalista. 

Cereto afirmou que a decisão foi amadurecida depois de algum tempo. "Não quero dar detalhes da rescisão, mas posso te dizer que é uma decisão amadurecida há alguns meses. Chegamos à conclusão que o melhor para o momento era interromper a relação", afirmou. 

"É natural que mudanças aconteçam. Novos tempos, novas diretrizes, novos caminhos. Eu também estou em busca de novos desafios. Vejo minha saída como algo natural em tempos de mudanças. O casamento terminou. Houve uma separação amigável, no mais alto nível. Acho que me realizei profissionalmente. Não tenho arrependimentos", completou Cereto. 

Críticas ao jornalismo esportivo

Recentemente, Carlos Cereto criticou em seu Twitter o jornalismo esportivo. Segundo ele, a área tinha virado uma "lacração política". Alguns colegas de Globo, sem citar seu nome, discordaram de sua posição. Outros jornalistas, de diversos veículos, o criticaram nominalmente pela fala.

Nas redes sociais, jornalistas esportivos falam sobre fatos políticos com frequência. Um exemplo é o apresentador André Rizek, do SporTV. Diariamente, ele tece críticas ao governo federal. 

Ao ser provocado pelo Notícias da TV a falar sobre o que disse,  Cereto explicou que não se arrepende do que falou naquele momento: "Não mudo nada o que eu escrevi. Não acho que o jornalista esportivo tem que ser alienado. Claro que não. Mas acho que a polarização política está contaminando também o debate esportivo. O que me interessa é fazer um jornalismo esportivo cada vez melhor, independentemente das preferências políticas". 

Cereto anuncia saída da Globo

O jornalista anunciou o fim do vínculo com a empresa em seu Instagram. "Depois de 20 anos, o meu ciclo no grupo Globo chegou ao fim. Foram 20 anos de SporTV, nas mais variadas funções, e duas rápidas passagens pela extinta rádio Globo de São Paulo . No SporTV fiz de tudo um pouco. Fui repórter durante anos, produtor, editor, editor-chefe, chefe de reportagem, chefe de redação, comentarista, apresentador", disse ele.

"Participei na linha de frente de grandes coberturas. Viajei, conheci outros países e realizei meus sonhos profissionais. Aprendi a fazer jornalismo esportivo de qualidade e a trabalhar em televisão. Aprendi especialmente com dois grandes profissionais, Marco Mora, ex-diretor de Esporte da Globo, que hoje mora no céu, e Cleber Machado, a quem considero um amigo querido. Serei eternamente grato aos dois. O SporTV e a TV Globo que conheci não existem mais", afirmou.

Carreira na Globo

Carlos Cereto começou sua carreira no SporTV em 2001. Inicialmente, foi repórter. Em 2008, depois de sua breve passagem pela segunda vez na Rádio Globo, retornou ao SporTV. Primeiro, como produtor do programa Arena SporTV e, depois, acumulando as funções de repórter e comentarista.

No início da década de 2010, Carlos Cereto foi chefe de redação do SporTV em São Paulo. Posteriormente, virou apresentador. Em 2019, ganhou o programa Acabou a Brincadeira, com o nome de um de seus bordões. A atração saiu do ar no mesmo ano por não ter a audiência esperada.

Em 2020, dividiu o Redação SporTV com André Rizek. Em 2021, pediu para a Globo e voltou para São Paulo, por não se adaptar ao Rio de Janeiro. Cereto voltou a participar do Redação SporTV, mas suas participações ainda eram criticadas pelo público em suas redes sociais.

Veja o post de Carlos Cereto sobre a demissão:

TUDO SOBRE

Globo

SporTV


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?