Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DECRETO DE BOLSONARO

Com contrato milionário, Sikêra Jr. leva culpa por redução salarial na RedeTV!

REPRODUÇÃO/REDETV!

Sikêra Júnior com semblante esquisito, olhando para a câmera, no cenário de um programa de televisão

Sikêra Júnior no comando do Alerta Nacional; apresentador tem o maior salário da RedeTV!

DANIEL CASTRO e GABRIEL PERLINE

Publicado em 17/7/2020 - 19h54
Atualizado em 18/7/2020 - 8h37

A RedeTV! aderiu ao decreto assinado por Jair Bolsonaro na última terça-feira (14) que permite às empresas reduzir durante mais um mês os salários dos funcionários, a fim de evitar prejuízos e demissões por conta da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Os colaboradores da emissora, no entanto, estão culpando o apresentador Sikêra Júnior.

Sikêra renovou recentemente seu contrato com a RedeTV! pelo período de sete anos. Fontes do Notícias da TV afirmaram que os ganhos do apresentador, entre salário e participações em merchandising, são de R$ 500 mil por mês. Nos 84 meses em que trabalhará na emissora, ele receberá em torno de R$ 42 milhões.

O que os funcionários não aceitam é que os sócios Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho tomem decisões tão desproporcionais como essa. Reduzir em 25% os salários de todos os profissionais de carteira assinada e promover, em plena pandemia, a renovação de um contrato milionário, como foi o caso de Sikêra, provocou revolta geral.

Os demais apresentadores da RedeTV! não foram poupados. Todos os que estão contratados como PJ (pessoa jurídica) receberam o aviso de que seus salários seriam reduzidos em 33% pelos próximos três meses. Ninguém ficou feliz.

Outro fator que afetou o caixa da RedeTV! foi a renovação do Festival de Prêmios, programa de sorteios que a emissora lançou recentemente para atrair assinantes para seu aplicativo. Na primeira temporada, foi investido mais de R$ 1 milhão em celulares, aparelhos de TV e carros, todos sorteados entre os que pagam semanalmente a taxa de R$ 5 pelo serviço de streaming.

Procurada, a RedeTV! afirmou a prorrogação da política de redução salarial, mas evitou comentar a revolta dos funcionários em relação ao salário astronômico do apresentador do Alerta Nacional.

"A emissora segue tomando as medidas necessárias para a adequação ao cenário ocasionado pela pandemia", disse a RedeTV! em nota.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?