Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ANÁLISE

Com 'cheiro de velho', Paredão dos Famosos não empolga e reforça má fase de Faro

REPRODUÇÃO/RECORD

Rodrigo Faro usa um blazer branco com blusa preta e sorri para o Paredão dos Famosos, quadro de seu programa nos domingos da Record

O apresentador Rodrigo Faro na estreia do Paredão dos Famosos: quadro 'novo' não empolga

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 22/8/2021 - 20h02

Anunciado como a grande novidade de Rodrigo Faro para agradar sua audiência neste fim de semana, o quadro Paredão dos Famosos estreou neste domingo (22) na Record sem empolgar em nenhum aspecto. Sem graça e com cara de velho, até por ser um formato usado pela TV americana desde os anos 1960, o primeiro episódio só reforçou a má fase que vive o apresentador.

O Paredão dos Famosos é a versão nacional do Hollywood Squares, game show que ficou no ar nos Estados Unidos entre 1966 e 2004 na NBC, uma das maiores redes do país. O formato foi comprado pela Record no mês passado para reforçar o Hora do Faro, que perde sistematicamente para sua maior concorrente, o Programa Eliana, do SBT.

No quadro, dois competidores (na nova versão isso foi adaptado para receberem duas famílias) competem em um jogo da velha para ganhar dinheiro e prêmios. Famosos são convidados para ajudarem, mas os anônimos precisam adivinhar se a dica de resposta que as celebridades dão são verdade ou mentira. Se acertarem, conseguem avançar para vencer.

No Brasil, esta é a segunda versão do formato na TV aberta. Em 1989, a Globo também comprou o Hollywood Squares para ser uma das atrações da estreia do então novato Domingão do Faustão (1989-2021) com o nome de Jogo da Velha. O quadro fez muito sucesso naquela época e é lembrado até hoje.

Talvez, isso prejudique o desempenho do formato com Rodrigo Faro. Quem assistiu neste domingo ao Paredão dos Famosos sentiu um cheiro de naftalina, uma sensação de ver alguma coisa bastante antiquada. O que também não ajudava eram os convidados de estreia, que estavam poucos inspirados.

Sérgio Mallandro, um sujeito que costuma render, parecia estar ali por obrigação. Val Marchiori faz o estilo perua com língua afiada há dez anos. Era engraçado em 2012, mas suas falas não são mais em 2021. Nem mesmo Tirullipa, que notadamente puxou a veia cômica do pai Tiririca, conseguiu fazer o público rir.

A pior notícia é que Mallandro e Tirullipa são convidados fixos, juntamente com Fabíola Gadelha. Ou seja, o Paredão dos Famosos não tem muita perspectiva de melhora se continuar assim. O melhor do quadro são justamente as brincadeiras feitas pelos convidados célebres. Se eles estiverem de má vontade, fica difícil.

A compra de um formato tão datado reforça como a Record e Rodrigo Faro parecem não saber o que fazer para melhorar a audiência do Hora do Faro. Em má fase, o programa do apresentador não ganha de Eliana faz muito tempo. E não foi o Paredão que melhorou esse quesito.

Segundo dados prévios de São Paulo, o Hora do Faro marcou entre 4 e 5 pontos enquanto o quadro estava no ar.

Rodrigo Faro não é um mau apresentador, longe disto. Antes alguém celebrado, hoje ele é visto como alguém que só se preocupa com o Ibope por ter perguntado ao vivo a sua audiência em um especial pela morte de Gugu Liberato (1959-2019). Faro precisa se reinventar urgentemente. 


Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas