TÁ CLARO?

Casagrande se irrita com Caio Ribeiro e promove bate-boca ao vivo no SporTV

REPRODUÇÃO/SPORTV

Reprodução de imagem de Walter Casagrande e Caio Ribeiro no programa Bem Amigos do SporTV

Walter Casagrande discutiu com Caio Ribeiro no Bem, Amigos!, do SporTV, dessa segunda-feira (4)

REDAÇÃO - Publicado em 05/05/2020, às 00h58

Walter Casagrande se irritou com Caio Ribeiro durante o Bem, Amigos! na noite dessa segunda-feira (4), no SporTV. O ex-jogador do Corinthians não gostou da atitude que o comentarista teve com Raí na semana passada, quando disse que o ex-integrante da seleção brasileira deveria parar de falar de política e se manifestar apenas quando o assunto for futebol.

Na última quinta-feira (30), o Redação SporTV exibiu uma entrevista na qual Raí, um dos diretores do São Paulo Futebol Clube, disse que Jair Bolsonaro deveria renunciar da presidência do Brasil. O comentarista pediu para o ex-atleta se importar mais com futebol em vez de tecer suas opiniões políticas, o que dividiu a opinião dos internautas.

No programa desta semana, Galvão Bueno relembrou o assunto e abriu espaço para que o comentarista explicasse a intenção da sua fala: "O Caio discordou [do Raí] no momento, as pessoas talvez não tenham entendido. Seria bom que você se posicionasse, o Casagrande discordou. Eu confesso aqui, publicamente, que eu discordo daquilo que o Caio falou, é um direito que nós temos".

"O que me incomodou é que a minha opinião não teve nenhum viés político. Eu não estou analisando se o Raí é de direita, esquerda, a favor ou contra o Governo. Nada disso. Ele tem toda a liberdade, todo o direito de emitir a opinião dele. Outra coisa que me incomodou é que eu nunca tive e nem tenho nenhum problema com o Raí", explicou Caio no início de sua fala.

"Me colocaram no meio de uma guerra política, como se eu estivesse defendendo o Governo. Se você pegar minha declaração, em nenhum momento eu emito opinião política. Aí é a questão, na minha opinião, eu acho que a partir do momento que você está representando um clube, que existe algo maior que você, que você é o homem forte do São Paulo, você tem que tomar alguns cuidados com a opinião que você vai emitir. Você tem o direito? Claro que tem! Tanto que ele emitiu", complementou.

Cléber Machado reforçou que também não concordava com a opinião de Caio, mas que acreditava na importância da discussão sobre o tema no programa. Na sequência, Casagrande pediu a palavra e explicou o post que fez em sua rede social, no qual defendeu Raí e discordou do posicionamento do colega de emissora.

"Eu fui contra, acho que não fui agressivo, não fui nada. Fui bem educado. Dois pontos que eu vi na sua fala. Primeira é que você tem que ser mais claro", sugeriu. "Mas eu não fui?", questinou Caio.

"Não foi! Você foi claro só para as pessoas que apoiaram você? Aquelas que não concordaram, você não foi claro? Você falou uma coisa, as pessoas entenderam aquela coisa. Eu discordei quando ele fala que o Raí só tem que falar de futebol, não pode falar de política. Eu deixei bem claro que isso é antidemocrático. Nenhuma pessoa tem o direito de censurar o que a outra tá falando. Não tem esse direito, foge da democracia, que existe ainda no país", respondeu Casagrande.

Segundo tempo

Ele afirmou que essa não foi a primeira vez que Caio não explicou de forma adequada o seu posicionamento, o que intrigou o comentarista. Galvão e Cléber tentaram acalmar os ânimos, relativizando a discussão entre eles. No entanto, minutos depois, o clima voltou a esquentar.

"As pessoas têm que ter uma coerência. As pessoas pensam de uma maneira e, quando elas vão se comportar tem que ser da mesma maneira do pensamento. Quando vai se expressar, é a mesma coisa que você tá pensando. Isso é uma linha de coerência. Quando você não tem uma linha de coerência, você se coloca em uma situação que pode ser criticado", disse Casagrande de forma genérica, sem apontar para o discurso de Caio.

"Eu acho que eu tenho clareza, tenho coerência. As pessoas me conhecem, sabem que eu sou extremamente transparente. Tudo o que eu falo reflete exatamente o meu comportamento, na frente e atrás das câmeras. Eu não uso a covardia que alguns jornalistas usam, não tô falando de você tá, para não ficar ofendido. Parece que você tá se desculpando pra mim. A impressão que dá é que você não está no assunto, mas sim querendo me atacar", questionou Ribeiro na sequência.

"Você que tá tendo essa impressão. Eu não tô atacando ninguém, eu tô falando de mim, da minha coerência, da minha opinião e das coisas que eu discordo e penso diferente. Eu. Eu jamais tô falando para você de você, porque eu sou claro. Se eu tivesse que falar isso para você, eu ia falar para você", concluiu Casagrande.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook