Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOSTALGIA PURA

Bizarrices da TV e ícones das novelas viram hit instantâneo no Twitter

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Cena de Silvia (Alinne Moraes) em Duas Caras (2007), dentro de um barco no meio de um lago, com leve sorriso

Cena de Silvia (Alinne Moraes) em Duas Caras (2007) fez sucesso ao ser reproduzida no Twitter

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 14/11/2021 - 6h35

A televisão e seus produtos fazem parte da memória afetiva de milhões de brasileiros, e alguns deles têm usado momentos marcantes da programação das últimas décadas para atiçar a nostalgia nos internautas. Um fenômeno surgiu no Twitter neste ano: jovens estão criando perfis para publicar cenas de novelas e trechos de programas e comerciais do passado. As publicações se tornaram hits instantâneos na plataforma. 

Um dos perfis mais bem-sucedidos desta febre é o Acervo Novelas, que conta com quase 43 mil seguidores na rede social. A página publica trechos de novelas, cenas marcantes e engraçadas da teledramaturgia brasileira. 

Os três administradores são mais jovens do que muitas das produções cujos conteúdos eles compartilham: Rayan Ferreira, 19 anos; Victor Silva, 15; e Murilo Silva, 17. Eles se conheceram pelas redes sociais e se dividem na tarefa de caçar cenas de novelas para entreter os seguidores. Os rapazes se dedicam ao perfil nos intervalos de seus estudos.

A ideia de criar o perfil foi de Murilo. Fã de Felix (Mateus Solano) de Amor à Vida (2013), ele queria fazer um perfil só de cenas do personagem, mas depois achou melhor lançar uma página que reunisse sequências de diversas novelas. Começou com uma montagem de momentos de Nazaré Tedesco (Renata Sorrah), que já é um meme na internet há muitos anos.

"O vídeo foi hit certo, chegando a 1,3 milhão de visualizações. Nunca imaginei que iria fazer tanto sucesso assim. Logo depois, resolvi fazer um compilado da Sandra de Êta Mundo Bom! [2016] armando para titia. Quando acordei, me deparei com a Flávia Alessandra citando o vídeo. Depois teve o Lázaro Ramos, o Mateus Solano, a Tatá Werneck, entre muitos famosos que também começaram a seguir a gente. Alguns dias depois, nós já não estávamos conseguindo acompanhar as sugestões [do público]", conta Murilo. 

Em três semanas o perfil já contava com 40 mil seguidores, e hoje são os seguidores que entram em contato com o perfil para pedirem cenas. Os administradores checam a caixa de entrada, vão em busca dos trechos, gravam do Globoplay ou do YouTube e publicam na rede social. Confira um exemplo:

Os três também administram outro perfil de sucesso, o Acervo Silvia, que posta apenas trechos da vilã Silvia (Alinne Moraes) em Duas Caras (2007). A página foi criada assim que a novela entrou para o catálogo do Globoplay, em agosto deste ano. As cenas da personagem totalmente transtornada, com expressões de deboche, cometendo ou falando atrocidades, logo provocaram risos no público e se tornaram sucesso. 

"O Acervo Silvia já bombou no segundo post, com a cena do 'Não posso, Renato, meu cabelo' [em que a vilã se recusa a pular num lago para salvar um menino de se afogar para não estragar seu penteado]. Pegou uns 5 mil likes, ficamos muito felizes", conta Rayan. 

Pérolas dos anos 1990 e 2000

Quem quiser voltar ainda mais no tempo e na nostalgia pode encontrar pérolas da TV em outros perfis. O TV Anos 90/2000 conta com 47,4 mil seguidores no momento e publica fotos e vídeos de programas e comerciais de televisão dessas duas décadas.

É possível encontrar trechos do Domingo Legal no episódio da visita de Gugu Liberato (1959-2019) ao antigo presídio do Carandiru, em 2002, trechos do Programa do Ratinho nos anos 1990 e cenas de Rita Cadillac dançando sensualmente com um adolescente no Programa Livre em 1998, por exemplo. 

O administrador é Rafael Andrade, de 29 anos. O perfil existe desde 2015, mas os posts só viralizaram neste ano, com a febre de perfis nostálgicos na rede social. "Começou a bombar no final de setembro, com o post da Carla Perez no programa Fantasia. A publicação pegou 10 mil curtidas. De lá pra cá, só está crescendo", conta ele.

"Eu acompanho bastante o pessoal que publica propagandas e programas dos anos 1990 no YouTube, fico horas assistindo, e é de lá que eu pego o conteúdo do perfil. O @acervo90s foca principalmente no trash, aquele conteúdo que hoje o pessoal sente vergonha alheia mas que antigamente era normal. Também tem conteúdos nostálgicos que marcaram a minha infância", explica Andrade. 

Quem também está surfando na onda dos perfis de acervo é Gabriela Silva, de 21 anos. Fã de Sai de Baixo (1996-2002), ela tem publicado trechos do programa desde a morte de Luis Gustavo (1934-2021), que interpretou o Vavá no humorístico. A página ainda é iniciante, com 754 seguidores, mas a criadora se sente realizada pelo trabalho que tem feito ao divulgar cenas divertidas do programa. 

"Eu fico muito feliz. Existem acervos de vídeos de humorísticos muito mais populares, então saber que estou atingindo um bom círculo de pessoas me deixa realizada. O Sai de Baixo é um programa que merece ser celebrado. É apenas por diversão e para celebrar a memória da televisão brasileira, muitas vezes esquecida até mesmo pelas próprias emissoras", diz ela. 

Direitos autorais e homenagem

Até o momento, nenhum desses perfis teve problemas com as emissoras por publicarem vídeos que são de propriedade delas. O Acervo Novelas teve apenas um contratempo com o Twitter, que restringiu o perfil por excesso de postagens. Eles acreditam, no entanto, que o que fazem são homenagens às produções compartilhadas e até propaganda para o Globoplay. 

"A Globo está sendo boazinha, às vezes a gente faz uma propaganda gratuita a eles marcando o Globoplay, o Viva, fazendo uma certa publicidade mesmo, mas sem receber nada. Já recebemos inúmeras mensagens de 'nossa, vou ter que assinar o Globoplay para assistir isso'", diz Rayan Ferreira. "Fico com medo de a Globo derrubar o nosso perfil, mas a gente sempre marca eles, pra não dar nenhum problema. Até porque o nosso intuito é divulgar as novelas da plataforma deles", complementa Murilo Silva. 

Os administradores defendem que os perfis nostálgicos contribuem para a divulgação da cultura nacional e que tanto nutrem a memória dos que acompanharam estas produções quanto apresentam os conteúdos a jovens que sequer eram nascidos nas épocas das exibições originais. 

"A porcentagem maior dos usuários do Twitter é de jovens e adolescentes, e muitos acabam se espantando com os posts do perfil. Também tem a questão de observar como a sociedade mudou no decorrer dos anos. As piadas, a sexualização dos corpos femininos e infantis. Isso tudo era exibido a rodo nos programas [dos anos 1990]. O @acervo90s mostra como o mundo mudou em relação a essas coisas", afirma Rafael Andrade.

"Ficamos felizes em saber que tem muita gente que ama as novelas, principalmente no Twitter, onde muita gente prefere séries. Novela ainda é um produto incrível, e todos deveriam conhecer mais", defende Victor Silva. 


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.