Tallis Gomes

Bilionário e agressivo: Quem é o novo jurado de reality que promete causar na TV

Divulgação/Band

O empresário Tallis Gomes em cenário do Planeta Startup, novo reality show da Band

O empresário Tallis Gomes é o jurado mais agressivo do Planeta Startup, novo reality show da Band

FERNANDA LOPES - Publicado em 19/09/2019, às 05h35

Depois de Erick Jacquin e Henrique Fogaça, do MasterChef, a Band terá um novo reality show com um jurado agressivo, segundo ele próprio se define. No dia 26, estreia o Planeta Startup, e um dos avaliadores é o empresário Tallis Gomes. De origem humilde, ele subiu na vida, vendeu uma empresa por R$ 1 bilhão e promete não dar moleza aos competidores.

O Planeta Startup é um programa de competição entre empreendedores. Vários donos de startup se inscreveram, e alguns deles terão a oportunidade de participar de provas, ganhar mentorias, cursos, aceleração de suas empresas e contatos com investidores. No total, serão R$ 2 milhões em prêmios.

O programa terá 13 episódios, e na final os jurados escolherão a empresa vencedora, aquela que se mostrou mais capaz de solucionar problemas.

Um desses integrantes do júri é Tallis Gomes. Aos 32 anos, ele é considerado um empresário prodígio, uma "estrela das startups", conforme explicação da própria Band. Gomes começou a empreender aos 14 anos, em Carangola, no interior de Minas Gerais. Ele revendia celulares usados.

Estudou empreendedorismo, se formou em Publicidade e criou várias empresas. Seu empreendimento mais bem-sucedido foi o Easy Taxi, aplicativo de solicitação de táxis que balançou bastante o mercado. Ele vendeu a empresa por R$ 1 bilhão e, por isso, em 2016 entrou na lista da revista Forbes dos 30 empreendedores com menos de 30 anos de mais destaque no mundo.

Agora, pela primeira vez, Gomes é jurado de um reality show. Ele adianta que não vai pegar leve com os participantes. O empresário acredita na meritocracia, que é o conceito de que todos os indivíduos podem prosperar, independentemente de suas origens ou condições de vida: é preciso apenas que se esforcem.

"Você pode trabalhar pelo futuro da sua próxima geração por meio do seu esforço, da meritocracia. A gente fala muito isso no Planeta Startup. Não adianta você vir com mimimi, de que veio de uma condição assim ou assado. O que a gente mais vê são histórias de pessoas que vieram de uma condição econômica completamente frágil e conseguiram recriar suas realidades", declara.

Gomes afirma que, no reality da Band, quer observar a evolução das startups selecionadas a cada episódio e julgar as melhores baseado nisso. Além dele, o programa tem mais dois jurados: a investidora Dani Arruda e o empreendedor e mentor Amure Pinho. Mas já está claro que, se há um carrasco de quem os participantes devem ter medo, ele é Tallis Gomes.

"Eu sou um cara mais agressivo, eu cobro de uma forma mais incisiva, mas é exatamente como eu sou com os meus funcionários, com as pessoas que convivem comigo. Não é um personagem. Não aceito enrolação, isso é muito comum [nesse meio], mas é muito difícil alguém conseguir me enrolar. Acho que sou um pouco mais duro, mas extremamente justo", defende.

Planeta Startup irá ao ar na Band todas as quintas, às 22h45, a partir do dia 26.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Com quem Maria da Paz deve ficar em A Dona do Pedaço?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook