HENRIQUE FOGAÇA

Após foto com freiras, Band analisa punição a jurado do MasterChef

REPRODUÇÃO/BAND

Na Itália, Henrique Fogaça publicou foto em que aparece com uma camiseta polêmica ao lado de freiras - REPRODUÇÃO/BAND

Na Itália, Henrique Fogaça publicou foto em que aparece com uma camiseta polêmica ao lado de freiras

REDAÇÃO - Publicado em 03/07/2019, às 15h52 - Atualizado às 16h03

A Band divulgou um comunicado na tarde desta quarta (3) para informar que está analisando uma possível punição ao jurado Henrique Fogaça, do MasterChef, após uma polêmica foto com freiras na semana passada. De acordo com a emissora, "ainda que referidas manifestações tenham ocorrido fora da programação e no âmbito da vida pessoal, a Band irá analisar o caso, com profundidade, depois de ouvi-lo".

"O Grupo Bandeirantes tomou conhecimento das declarações proferidas pelo chef Henrique Fogaça nas redes sociais. Referidas declarações, feitas no âmbito das redes sociais do chef, não expressam, de forma alguma, a posição da Band, que se pauta no respeito às crenças e sem preconceitos em relação aos credos, etnias, sexos, raças, vertentes políticas e ideológicas", informou a emissora.

De folga na Itália, na última sexta-feira (28), o cozinheiro publicou uma foto ao lado de duas religiosas ao mesmo tempo em que estava vestindo uma camiseta com a estampa de mulheres com hábitos sacros se beijando --o que gerou várias críticas nas redes sociais.

O jurado do Masterchef postou a imagem em seu Instagram com a legenda: "Pedindo a bênção. Orai por nós, Prega per noi, Pray for us". Ele ainda usou hashtags "blasfêmia", "o choro é livre" e "fuck hipocrisia".

Após receber inúmeras críticas de parte dos 2,4 milhões de seguidores, que diziam que aquilo era um desrespeito, Fogaça apagou o post e publicou um vídeo nos Stories se explicando. Ele foi ainda mais enfático em vídeo divulgado em sua conta no Twitter, na segunda (1º): "Só Deus para me julgar mesmo".

Entre os seguidores de Fogaça que criticaram a imagem compartilhada, estava o padre Fábio de Melo. "Usar a imagem de duas pessoas que lhe dedicaram gentileza, expondo-as ao ridículo, colocando-as como coadjuvantes de seu protesto, está longe de ser uma atitude de 'pessoa do bem'", condenou o religioso no domingo (3).

"Gostaria de me retratar a vocês sobre a foto que eu pus no Instagram, e pedir desculpas à toda Igreja Católica e aos cristãos. Para quem não sabe, fui batizado na igreja, assim como toda a minha família. Essa foto causou uma polêmica muito forte", disse o chef de cozinha responsável pelos restaurantes Sal Gastronomia, Cão Veio, Jamile e Sal Grosso.

Henrique Fogaça explicou que estava na rua após deixar o Vaticano e foi tietado por duas freiras brasileiras. "Me reconheceram. Vieram muito simpáticas e tiramos a foto. Eu acabei postando. Foi uma infelicidade minha porque eu vejo as pessoas me atacando de uma forma brutal. Eu queria que vocês soubessem que eu não tive intenção nenhuma de ofender pessoas da forma como estão achando", acrescentou o jurado do reality da Band.

Para minimizar os ataques, Fogaça afirmou que é uma pessoa honesta,  trabalhadora e que ainda se doa ao próximo em projetos sociais.

"Eu tenho família, tenho os restaurantes, faço o programa. Tenho uma filha especial que me ensina muito. Faço parte de vários projetos sociais. E estou aqui para me redimir, para pedir perdão aos meus seguidores, às pessoas que me admiram. Só Deus para me julgar mesmo. Paz no coração, mais tolerância", explicou.

Veja aqui o vídeo de Henrique Fogaça:

Comunicado da Band

Leia abaixo, na íntegra, o comunicado enviado pela Band:

"O Grupo Bandeirantes tomou conhecimento das declarações proferidas pelo chef Henrique Fogaça nas redes sociais. Referidas declarações, feitas no âmbito das redes sociais do chef, não expressam, de forma alguma, a posição da Band, que se pauta no respeito às crenças e sem preconceitos em relação aos credos, etnias, sexos, raças, vertentes políticas e ideológicas".

"Ainda que referidas manifestações tenham ocorrido fora da programação e no âmbito da vida pessoal do chef Henrique Fogaça, a Band irá analisar o caso, com profundidade, depois de ouvi-lo".

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook