Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MARATONA BENEFICENTE

Artistas em casa, live com prêmios e doação sem meta: Tudo sobre o Teleton 2020

REPRODUÇÃO/SBT

Maisa Silva, Celso Portiolli e Eliana em estúdio do SBT, posam para câmera sorrindo, com logo da AACD num telão atrás

Maisa Silva, Celso Portiolli e Eliana apresentarão o Teleton 2020, que terá formato diferente

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 1/11/2020 - 6h50

Devido à pandemia de Covid-19, neste ano o Teleton foi redesenhado para se adequar aos protocolos de segurança e evitar o contágio pela doença. A maratona beneficente continuará a acontecer no SBT e irá ao ar no próximo sábado (7), mas o público notará diferenças. O palco estará mais vazio, e os cantores se apresentarão de forma remota, por exemplo.

A campanha beneficente, que tem como objetivo arrecadar dinheiro para a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) dessa vez terá menos tempo de show na TV: nos últimos anos, o Teleton foi uma maratona de dois dias no SBT; agora, o programa irá ao ar apenas das 10h30 às 20h30 no sábado.

Mesmo assim, os artistas envolvidos prometem muita emoção, boas histórias e entretenimento. O tema deste ano é o capacitismo, que é a discriminação contra pessoas com deficiência física. Ao longo das dez horas de Teleton, serão exibidas dez histórias de pacientes da AACD que falarão sobre o assunto e contarão como vivem suas vidas, com o apoio da instituição.

Para a segurança de todos, essas pessoas aparecerão apenas pelo telão do estúdio, conversando com apresentadores no palco (que também não terá plateia nem bancada de influenciadores). A cada hora, dois artistas do SBT se revezarão no comando do programa, com o devido distanciamento.

Estão confirmados nomes como Eliana, Celso Portiolli, Maisa Silva, Danilo Gentili, Ratinho, Chris Flores, Luis Ricardo e Helen Ganzarolli. Silvio Santos, que está em isolamento em casa por fazer parte do grupo de risco para Covid-19, não deve ir pessoalmente à emissora, mas será representado por membros de sua família: Tiago, Patricia, Rebeca e Silvia Abravanel participarão do rodízio de apresentadores.

"O desafio este ano é fazer o programa. Mas quando a gente conta com esses apresentadores, a gente sabe que vai fazer um programa com o coração, com amor. A decisão [de colocar o Teleton no ar mesmo durante a pandemia] foi simples, a necessidade da AACD é enorme, não tem como fugir disso. Eles dependem de doação. Nós também temos que ajudar", diz Norma Mantovanini, diretora do Teleton.

Os números musicais dessa vez serão feitos na casa de cada cantor. Vários participarão por chamada de vídeo, como Ivete Sangalo, Luan Santana, Marília Mendonça, Chitãozinho & Xororó, Vitor Kley, Leo Chaves, Toquinho, Bruno & Marrone e Gustavo Mioto. Daniel será o único cantor que estará presente no palco --ele é padrinho do Teleton e fez o tema deste ano.

Lives com prêmios

A campanha digital, por sua vez, estará reforçada. Serão mais de dez horas de lives do Teleton nas redes sociais do SBT, e os apresentadores também se revezarão nas transmissões online.

Maisa Silva revelou que se reencontrará com Yudi Tamashiro e Priscilla Alcântara e que os três promoverão lives com interatividade com o público e até distribuição de prêmios. "Vocês vão poder pedir aquele videogame para mim, Priscilla e Yudi", diz ela, lembrando a época em que os três participavam de game shows no Bom Dia & Cia.

As lives também terão convidados, como Bianca Andrade, Naldo Benny e Ana Paula Renault. A campanha ainda se estenderá ao universo de e-sports, com divulgação do Teleton feita por influenciadores gamers. "Vamos engajar a audiência [gamer] e pedir doações. Certamente será a maior ação beneficiente de games já feita no Brasil", afirma Celso Portiolli.

Também por conta da pandemia e do impacto que ela teve na economia nacional, neste ano não haverá meta de doação definida para o Teleton. Os artistas do SBT e a AACD contam com a solidariedade do público, mesmo em tempos difíceis.

"Mesmo à distancia, a gente pode fazer a diferença na vida das pessoas. A gente pode passar um carinho através de uma palavra, de um áudio, de uma doação. Esse é o nosso grande desafio no Teleton 2020. Não tenho dúvidas de que o brasileiro vai se comover, vai se ajudar. A gente não tem meta esse ano, a meta vai ser o amor incondicional", declara Eliana.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?