Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Bola Oval

Antes da estreia da NFL, 7 programas para entender a magia do futebol americano

Divulgação/NFL

O brasileiro Cairo Santos em ação pelo Kansas City Chiefs, em jogo da NFL no ano passado - Divulgação/NFL

O brasileiro Cairo Santos em ação pelo Kansas City Chiefs, em jogo da NFL no ano passado

JOÃO DA PAZ

Publicado em 1/9/2017 - 5h19

Há oito anos, a ESPN lançou uma linha de documentários, premiada com Emmy e Oscar, sobre os mais variados esportes. Entre as dezenas de filmes, estão produções sobre o futebol americano que vão desde a relação desse esporte com racismo e direitos civis a biografias de jogadores que são verdadeiras lendas vivas.

Como um esquenta para a nova temporada da NFL (a liga profissional de futebol americano), que estreia no próximo dia 7, o Notícias da TV lista sete documentários essenciais para entender melhor a magia do jogo, que a cada dia ganha mais popularidade no Brasil, em número de fãs e de praticantes.

Todas as atrações estão disponíveis no Now, serviço de video on demand da Net e da Claro TV, sem custo adicional para assinantes dos canais ESPN. Para encontrá-los na plataforma, basta acessar o campo de Programas e encontrar da pasta da ESPN. Ou digitar o nome das produções na área de busca.

divulgação

O superatleta Bo Jackson posa com ombreira de futebol americano e taco de beisebol

You Don’t Know Bo
A luta de boxe entre Conor McGregor, especialista em MMA, contra Floyd Mayweather, um dos maiores boxeadores de todos os tempos, trouxe à tona a conversa sobre atletas de alto rendimento que se arriscaram profissionalmente em mais de um esporte. O documentário You Don’t Know Bo (2012) trata sobre o único jogador que atuou nas ligas de futebol americano (NFL) e de beisebol (MLB).

Bo Jackson era uma força da natureza, e o doc detalha isso ao mostrar como ele se tornou uma estrela nos dois campeonatos. Virou garoto-propaganda de várias marcas e ganhou status de celebridade, com participações em séries como Um Maluco no Pedaço (1960-1996) e Married With Children (1987-1997).

Reprodução/NFL

Cairo Santos, único brasileiro na NFL, dá entrevista sobre sua carreira em filme feito pela liga

Um Brasileiro na NFL
Antes de Cairo Santos, a NFL já teve outros jogadores com sangue brasileiro, como Damian Vaughn, Breno Giacomini, Maikon Bonani e Demetrin Veal. Mas Santos, atualmente camisa 5 do Kansas City Chiefs, é indiscutivelmente o de maior sucesso.

O próprio canal oficial da liga produziu Um Brasileiro na NFL (2016), com entrevistas de familiares e amigos do kicker (aquele que chuta a bola no jogo). O programa traça sua trajetória, desde a infância em Limeira, no interior de São Paulo, até Kansas City, passando pela Flórida e Nova Orleans.

reprodução/espn

O aluno James Meredith senta sozinho em sala de aula na Universidade de Mississipi

Ghosts of Ole Miss
Os Estados Unidos vivem uma nova onda de tensão racial que tem raízes em outros eventos do passado. Um dos conflitos mais emblemáticos é retratado em Ghosts of Ole Miss (2012). O documentário remonta a entrada do aluno negro James Meredith na segregada Universidade do Mississippi, em 1962, ano no qual o time da instituição, composto só por brancos, teve seu melhor retrospecto da história.

A segregação só foi quebrada após uma intervenção direta de John F. Kennedy, então presidente do país, que forçou a matrícula de Meredith em Ole Miss. A decisão gerou diversos protestos, e o evento entrou na história como chave na luta pelos direitos civis nos Estados Unidos. O documentário repercute isso, explora a força do futebol americano no sul da nação e evidencia o racismo no esporte.

reprodução/espn

O ex-wide receiver Randy Moss dá seu depoimento no documentário Rand University, da ESPN

Rand University
Randy Moss é um dos maiores jogadores da história da NFL. Rand University (2014) mergulha no passado do atleta e mostra como ele superou adversidades na juventude, a pobreza e problemas com drogas (maconha), para conseguir cravar um espaço entre os grandes nomes do esporte da bola oval.

A produção foi até a cidade de Rand, no Estado de Virgínia Ocidental, e relatou passo a passo a caminhada de Moss rumo ao estrelato. O documentário também expõe os antecedentes criminais do jovem atleta, inconvenientes que fizeram grandes universidades do país, como Notre Dame e Florida State, desistirem de recrutá-lo.

reprodução/espn

Dan Marino (à esq.) e John Elway três décadas depois de entrarem na NFL ao mesmo tempo

Elway to Marino
Os esportes americanos têm um sistema interessante de entrada de jogadores no nível profissional. O documentário Elway to Marino (2013) mostra como funciona o draft, no qual os times da NFL escolhem os melhores atletas saídos das faculdades.

A atração mostra a perspectiva dos jogadores, treinadores e diretores em um dos melhores drafts da história, o de 1983. John Elway foi o primeiro escolhido; Dan Marino, o 27º. Ambos foram bem-sucedidos na NFL e estão no Hall da Fama da liga. Mas só um, Elway, sagrou-se campeão (e duas vezes).

divulgação/nfl

A dupla que ajudou o Dallas Cowboys a dominar a NFL: Jimmy Johnson (à esq.) e Jerry Jones

Before They Were Cowboys
O Dallas Cowboys é o time mais popular dos Estados Unidos e de maior valor em todo o mundo (US$ 4,2 bilhões ou R$ 13 bilhões). Duas pessoas ajudaram o clube a atingir esse patamar, na década de 1990, quando os Cowboys dominaram a liga e conquistaram três títulos: Jerry Jones (o dono) e Jimmy Johnson (o treinador).

A produção Before They Were Cowboys (2016) recupera a ligação de ambos no passado, quando eram companheiros na equipe da Universidade de Arkansas.

Reprodução/ESPN

Jogadores de Miami (de branco) batem boca com os rivais de Notre Dame em duelo histórico

Catholics vs Convicts
Conhecer o futebol americano universitário ajuda a entender como os jogadores da NFL são formados. Tudo tem de ser levado em consideração, desde a qualidade do time até a exigência acadêmica. Notre Dame e Miami são duas das principais universidades do país e, em 1988, elas se encontraram num jogo épico, no qual as duas equipes estavam invictas.

O duelo ganhou o nome de Catholics vs Convicts (ou Católicos versus Condenados), mesmo nome do documentário de 2016, pois exemplifica bem o estereótipo de cada campus.

Os Católicos eram os atletas de Notre Dame, cristãos, inteligentes e bem comportados, enquanto os Condenados eram os integrantes de Miami, faculdade famosa por recrutar jovens sem um currículo escolar exemplar e com vidas problemáticas fora de campo, pois o que importava era ser bom dentro dele.

TUDO SOBRE

ESPN

NFL

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?