Chuvisco no ar

TV digital: apagão analógico em Belo Horizonte atrasa pela segunda vez

Reprodução/SBT

Antena receptora de TV digital em programa exibido pelo SBT em março, no apagão em SP - Reprodução/SBT

Antena receptora de TV digital em programa exibido pelo SBT em março, no apagão em SP

DANIEL CASTRO - Publicado em 07/11/2017, às 12h25

Pela segunda vez, o apagão analógico em Belo Horizonte será adiado. Agendado para esta quarta-feira (8), o desligamento dos sinais de TV analógicos na capital mineira foi postergado para o próximo dia 22, mesma data do Rio de Janeiro.

Pesquisa realizada pelo Ibope entre 24 de outubro e 4 de novembro mostrou que 11% dos domicílios da capital mineira ainda não têm televisores com receptores de sinais digitais. Pelas normas do governo federal, o desligamento da TV analógica só pode ocorrer quando pelo menos 93% das residências estiverem digitalizadas.

A decisão foi tomada nesta terça (7) pelo Gired (Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV), que reúne emissoras e operadoras de telefonia e que decide todo o processo de migração das TVs analógicas para os canais digitais.

O Gired decidiu marcar o apagão para o próximo dia 22 independentemente de uma nova pesquisa. O grupo acredita que em duas semanas a região metropolitana de Belo Horizonte já terá alcançado o percentual de 93% de digitalização.

Inicialmente, o apagão analógico em Belo Horizonte deveria ocorrer em junho, mas foi adiado porque a distribuição de kits de conversores de sinais digitais estava atrasada.

Pelo calendário da TV digital, a próxima região a passar pelo desligamento de transmissores analógicos será o interior de São Paulo, em 29 de novembro. Em algumas cidades, é grande o risco de um novo adiamento _originalmente, o apagão deveria ocorrer em 27 de setembro.

Leia também

 

 

Enquete

Afinal, como você avalia Bruna Marquezine em Deus Salve o Rei?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook