Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

TEM JEITO, SIM

Soundbar, home theater, fone de ouvido; turbine o som da sua TV sem gastar muito

REPRODUÇÃO/LG

Pai sentado no sofá com o filho do colo ouve o som da TV pelo celular para não incomodar o sono da criança

Home theater reproduzindo o áudio da TV pelo celular; mais opções para o consumidor

EDUARDO BONJOCH

edubonjoch@gmail.com

Publicado em 27/4/2021 - 6h50

A imagem é boa, mas o som é ruim. A queixa é comum, principalmente se você tem em casa uma TV de tela fina com mais de uma década de uso. Hoje, dá para resolver este problema investindo em um home theater básico, que custa a partir de R$ 520, ou em uma caixa acústica soundbar, com preço inicial de R$ 660. Nos dois casos, a pesquisa considerou marcas já conhecidas do consumidor brasileiro, como Britânia e LG.

Até mesmo aquele fone de ouvido ou caixa Bluetooth que você usa no dia a dia também pode ser conectado à TV, permitindo melhorar o som sem a necessidade de investir em novos aparelhos. Neste caso, se a sua TV for mais antiga, será necessário adquirir apenas um adaptador Bluetooth e conectá-lo à entrada USB ou de fone de ouvido, dependendo do televisor.

Mas, antes de ir às compras, tente explorar os ajustes de áudio da TV em busca de uma configuração melhor. Procure pelos modos e efeitos pré-programados de fábrica, que podem deixar o som mais envolvente e encorpado e até melhorar a reprodução dos diálogos. São ajustes simples, mas que até surpreendem, dependendo do caso.

REPRODUÇÃO/SAMSUNG

Soundbar: performance superior à das TVs 

Soundbar é opção para salas pequenas

Hoje, uma das melhores alternativas para quem não tem muito espaço são as caixas soundbar. Compactas e em formato de barra, elas têm, em média, 1 metro de comprimento e são projetadas para ficar na parte inferior da TV. Quase todos os modelos à venda já vêm com subwoofer sem fio, que reforça os sons graves dos filmes e séries.

Dentro das barras de som, você pode encontrar dois ou mais alto-falantes, que simulam o envolvimento surround dos sistemas de home theater com várias caixas acústicas. Tem soundbar 2.0, 2.1, 3.1, 4.1 e 5.1 canais.

Quanto mais canais, melhor a imersão sonora. Os modelos mais sofisticados ultrapassam os R$ 7 mil e incluem alto-falantes adicionais voltados para cima, que criam a sensação de áudio espacial do processamento Dolby Atmos, reforçando os efeitos sonoros na parte alta do ambiente.

Na parte de conexões, observe se o produto oferece pelo menos uma conexão HDMI ARC, com canal de retorno de áudio. É por ela que a TV transmite o sinal de áudio do videogame, dos aplicativos da plataforma Smart, como Netflix e Globoplay, e de outras fontes para a soundbar. O mesmo acontece com as trilhas Dolby Atmos, quando a barra de som consegue reproduzir este formato.

Pela conexão Bluetooth, é possível reproduzir o áudio do Spotify e de outros serviços de música on-line baixados no celular. Por enquanto, a conectividade Wi-Fi e a possibilidade de atender a comandos de voz via Alexa ainda estão restritas a poucos modelos da Samsung e da Yamaha.

REPRODUÇÃO

Sala com home theater 5.1 canais; mais real

Home theater ganha no envolvimento

Aposta da indústria no passado, os sistemas de home theater 5.1 canais, compostos por cinco caixas acústicas e um subwoofer, perderam espaço para as soundbars no varejo. Marcas como Panasonic, Philips e Samsung, por exemplo, abandonaram de vez este mercado.

A LG é um dos poucos fabricantes que ainda continua no segmento. O modelo mais refinado roda discos Blu-ray, permite reproduzir o áudio da TV no celular (pelo aplicativo do fabricante) e oferece quatro caixas acústicas slim, sendo duas surround sem fio (para serem instaladas no fundo da sala).

Ideal para salas com mais de 15m2, o conceito de home theater continua forte no mercado especializado, mas exige a instalação de um conjunto de caixas acústicas mais subwoofer a um receiver independente. Em geral, o serviço é entregue a um profissional da área. O investimento é alto: pode ultrapassar facilmente os R$ 8 mil.

A experiência é mais real e envolvente. E isso acontece porque se tem um número maior de caixas acústicas, que são estrategicamente posicionadas no ambiente. Cada uma é responsável pela reprodução de parte dos sons que compõem uma cena.

Em uma sequência de ação, os diálogos ficam concentrados no canal central. Já os efeitos e outros sons que acompanham os atores são distribuídos entre os canais frontais e traseiros, reforçando a sensação de fazer parte do filme.

TUDO SOBRE

Smart TV


Leia também

Web Stories

+
Dez anos após o fim de Smallville, veja como está o elenco da sérieDe cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelaçãoPower Couple Brasil 5 aposta em casais polêmicos e promete barraco e confusãoPereirão, Lurdes e Edilásia Sardinha: veja 7 mães marcantes das novelas brasileiras

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você está animado para a nova temporada do No Limite?