A Copa da tela grande

Preço de televisores cai 40% em quatro anos, aponta pesquisa

Dri Spacca/NTV

Televisores em promoção em loja das Casas Bahia, em São Paulo, no último sábado - Dri Spacca/NTV

Televisores em promoção em loja das Casas Bahia, em São Paulo, no último sábado

EDUARDO BONJOCH - Publicado em 21/03/2014, às 18h33 - Atualizado em 24/03/2014, às 07h08

Trocar a TV para assistir aos jogos da Copa do Mundo é o desejo de grande parte dos brasileiros. E o maior estímulo está no preço dos televisores, que vem caindo consideravelmente nos últimos anos. De acordo com estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o valor desses aparelhos caiu 40% desde a última Copa, realizada em 2010.

Por causa da Copa e dos preços mais atraentes, a associação dos fabricantes de televisores, a Eletros, prevê bater recorde de vendas neste ano. Segundo a entidade, deverão ser vendidos entre 15 e 16 milhões de aparelhos durante o ano, o que pode representar mais de 1 milhão de unidades em relação ao ano passado.

Quanto custa?

Nem todo consumidor está procurando o mesmo tipo de produto, já que os níveis de exigência (tanto técnica quanto do bolso) variam muito. Em geral, as pesquisas mostram que o brasileiro busca uma TV maior, que ofereça boa qualidade de imagem.

Para os marinheiros de primeira viagem, a troca de uma TV de tubo de 29 polegadas por um televisor de tela fina de alta definição de 32 polegadas pode fazer toda a diferença. Com cerca de R$ 900, dá para levar uma dessas para casa, se o consumidor não fizer questão da resolução Full HD e do acesso à internet.

Com R$ 200 a mais, ele pode abrir mão da resolução mais alta para ter os recursos de TV conectada à web. Se quiser unir as duas características, a TV de 32 polegadas sai em torno de R$ 1.400 ou R$ 1.500, dependendo da loja e da marca (os preços foram pesquisados em lojas on-line na terceira semana de março).

“Pela ordem, os itens que mais chamam a atenção do consumidor na hora da compra são a qualidade da imagem, o tamanho da tela e se o modelo traz recursos de Smart TV (como conexão com a internet)”, explica Luciano Bottura, gerente de comunicação e marketing da Sony Brasil. Para a Eletros, a categoria Smart TV deve representar 30% das vendas de telas finas no país até o final do ano.

Por outro lado, está mais difícil iludir o consumidor, principalmente se ele já teve uma primeira experiência com TV conetctada. “Hoje em dia, por exemplo, já não é tão importante a quantidade de aplicativos que a TV traz; o que está em jogo é a relevância, são os conteúdos que o consumidor quer ver no dia a dia”, afirma Rogério Molina, gerente-geral de TVs da LG.

TV de 50 polegadas por R$ 2.000

Entre as telas maiores também há boas ofertas. Com cerca de R$ 2.000, o consumidor pode ter uma TV conectada de LED e resolução Full HD com 40 ou 42 polegadas. Pelo mesmo valor (ou até um pouco menos), dá para comprar uma tela de plasma (tecnologia que está deixando o mercado) de 50 polegadas. Modelos com esse preço são simples nos recursos, mas podem surpreender no tamanho e na qualidade da imagem. Entre as TVs de LED com 46 polegadas, os valores variam bastante, podendo oscilar de R$ 2.200 a mais de R$ 4.000, dependendo das funções e da linha.

TVs 4K: economia de até R$ 7.000 em seis meses

Com uma resolução de 3.840 por 2.160 pixels, quatro vezes maior do que a das TVs Full HD, os modelos com definição 4K (ou Ultra HD) tornaram-se a menina dos olhos dos grandes fabricantes. Três marcas (LG, Samsung e Sony) já oferecem modelos com essa característica em tamanhos que variam de 55 a 85 polegadas.

Foi nessa categoria que os preços despencaram com maior rapidez. Modelos como o da LG de 55, que há seis meses custavam R$ 14.999, podem ser encontrados no varejo por R$ 8.000, uma diferença de R$ 7.000. Embora o preço ainda seja alto para a grande maioria dos consumidores, a chegada dessa tecnologia em telas menores vai ajudar a torná-la mais conhecida e acessível. “Vamos começar a produzir novas TVs 4K, inclusive de 49 polegadas”, declara Molina, da LG. Samsung e Sony não devem anunciar novos modelos Ultra HD nos próximos meses.

LEIA TAMBÉM:

Mesmo com topless e Gentili, Arena SBT chega a 1 ponto no Ibope

Geraldo Luís vence Globo na estreia e desponta como 'novo Ratinho'

Em Família: autor pede cena 'picante' entre Jairo e Juliana

Geraldo Luís já lavou defunto e escapou de abuso sexual

Em Família: Virgílio pede para Luiza fugir do 'risco' Laerte

Globo sacrifica nova série de Cauã Reymond às sextas-feiras

Silvio chama Helen de Ganzinha e pede para ver 'conteúdo'

No confronto entre três ex-CQCs, Gentili derrota Rafinha e Iozzi no Jô

André Marques volta quase irreconhecível no reality Superstar

Sexy, Monica Iozzi canta no Jô e detona olheira de William Waack


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Tudo sobre

Copa do Mundo TVS

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook