Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

HIT DOS ANOS 1990

Série no Paramount+, 7th Heaven teve ator pedófilo e Jessica Biel rebelde

Divulgação/The WB

O elenco principal de 7th Heaven

O elenco principal de 7th Heaven; série foi hit nos anos 1990 e 2000 e está disponível no Paramount+

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 26/8/2021 - 6h15

Um dos dramas familiares mais longevos da história da TV dos EUA, 7th Heaven (1996-2007) ia ao ar pela primeira vez há 25 anos na extinta rede The WB, que se tornaria a The CW. Muito popular entre os anos 1990 e 2000, a série que está disponível completa no Paramount+ revelou a atriz Jessica Biel e viu o seu protagonista destruir a carreira ao assumir ser um pedófilo.

A série contava a história da família Camden. Eric Camden (Stephen Collins), um simpático reverendo, e sua mulher Annie (Catherine Hicks) lidavam com o drama de ter sete filhos. A trama acompanhava os herdeiros desde crianças até ficarem adultos e formarem as próprias famílias.

Sucesso nas telinhas, 7th Heaven ficou marcada por algumas histórias conturbadas e outras emocionantes em seus bastidores. A mais curiosa é o fato de a série ter exibido dois finais oficiais de sua trama por conta de uma "ressurreição" inesperada.

Jessica Biel, que começou a trabalhar na atração aos 14 anos, ganhou destaque logo nas primeiras temporadas e se tornou um dos principais rostos do elenco. Com o tempo, ela foi perdendo o interesse em continuar na série e brigou para encerrar o seu contrato --com atitudes que foram de gritos a um topless em capa de revista.

Barry Watson, que vivia Matt Camden, o filho primogênito, teve que se ausentar inúmeras vezes das gravações por conta de um câncer. Durante muito tempo os fãs não souberam dos reais motivos de sua participação limitada e reclamavam em fóruns e em cartas para os produtores.

Confira abaixo algumas curiosidades dos bastidores de 7th Heaven:

REPRODUÇÃO/the WB

Stephen Collins e Jessica Biel viviam pai e filha

Jéssica Biel rebelde

Intérprete de Mary Camdem, a segunda filha de Eric e Annie, Jessica Biel se tornou um dos principais destaques de 7th Heaven logo em suas primeiras temporadas. Rumores da época diziam que a atriz já mostrava insatisfação desde o quarto ano por não gostar dos rumos de sua personagem.

Na época aos 17 anos, Jessica queria procurar outros projetos e tentar carreira no cinema, mas não queria pedir demissão. De acordo com fontes envolvidas com a produção da série, ela topou tirar uma foto fazendo topless para a revista Gear Magazine com o intuito de causar a sua saída, o que não acabou não acontecendo.

Após o ocorrido, os executivos convenceram Jessica a ficar até o fim de seu contrato. Ela deixou o elenco regular após a sexta temporada e voltou para algumas participações especiais, inclusive no que seria o primeiro final oficial de 7th Heaven.

Patriarca pedófilo

Stephen Collins foi um dos pilares de 7th Heaven durante toda a sua trajetória. Ele foi, ao lado de Beverly Mitchell (Lucy Camden), o único ator a aparecer em todos os 243 episódios da série. No entanto, todo o seu legado foi destruído em 2014, por conta de seu divórcio com a também atriz Faye Grant.

Uma fita vazada para o público mostrava Collins assumindo ter tido má conduta com três garotas menores de idade --todas relacionadas com a família de sua mulher ou de amigos. A confissão do ator foi feita durante sessão com a sua psicóloga.

Segundo Collins, ele havia tocado nas vítimas de forma inadequada e mostrado suas genitais às meninas. Após o vazamento da fita, a carreira do ator desmoronou e ele perdeu todos os papéis para os quais havia sido escalado. O seu último trabalho foi na série Revolution (2012-2014).

Dois finais 'oficiais'

Uma das maiores audiências da rede WB, 7th Heaven chegaria ao fim em sua 10ª temporada. A ocasião era oportuna já que, sendo a série mais longeva da rede, ela finalizaria sua trajetória junto de sua casa.

Para celebrar o último episódio, Jessica Biel e Barry Watson, que já haviam deixado o elenco regular, retornaram para que os fãs se despedissem de seus personagens. A trama foi de todos foi concluída, e os contratos com os atores foram encerrados.

No entanto, meses após a exibição do series finale, os executivos da então recém-criada The CW optaram por dar uma sobrevida a 7th Heaven, que retornou para a 11ª temporada. O final original teve de ser adaptado para justificar a volta dos atores, mas a decisão acabou sendo um desastre.

Durante 10 anos, a série foi exibida nas noites de segunda-feira. Quando passou a fazer parte da grade da The CW, 7th Heaven migrou para os domingos e viu a sua audiência cair pela metade. Para piorar, vários atores do núcleo da família Camden ficaram ausentes de alguns episódios enquanto renegociavam os seus contratos.

No segundo episódio final oficial, os Camden se despediram dos fãs sem todos os seus integrantes. Jessica Biel e Barry Watson decidiram não voltar o novo último episódio, e 7th Heaven terminou deixando um gosto agridoce para os fãs.

Luta contra um câncer

Ao lado de Jessica Biel, Barry Watson era um dos destaques do núcleo teen do drama familiar. Em 2002, durante a sétima temporada, ele começou a ter menos destaque na trama, e sua participação foi reduzida nos episódios. Os fãs reclamaram e fizeram barulho, mas não sabiam o que estava acontecendo com o rapaz nos bastidores.

Enquanto na trama Matt Camden estava na faculdade, o que justificou sua participação reduzida, Watson lutava contra um linfoma de Hodgkin, um tipo de câncer que afeta órgãos e tecidos que produzem as células responsáveis pela imunidade e vasos que conduzem essas células através do corpo.

Para cuidar de sua saúde, o ator pediu para deixar a série e focar em seu tratamento. Ele passou um ano em quimioterapia. Após derrotar o linfoma, Watson retornou para fazer participações especiais em 7th Heaven, mas nunca mais foi do elenco regular. Na trama, Matt eventualmente se formou como médico, casou e teve filhos.

Cachorro sobrevivente

O drama fora das telinhas não era reservado apenas ao elenco principal. Happy, o cachorro da família Camden na trama da série, era um sobrevivente de abuso e foi encontrado abandonado nos estúdios da Warner Bros. antes mesmo da produção de 7th Heaven.

O cão foi encontrado por Brenda Hampton, criadora e showrunner da atração, que o adotou como seu. Quando ela decidiu integrar o animal ao elenco da série, foi preciso muito treinamento para que ele superasse os antigos traumas da vida na rua.

Nas primeiras temporadas, Happy ainda tinha medo dos homens mais velhos, como Barry Watson e Stephen Collins, e passava grande parte de seu tempo em tela interagindo com o núcleo infantil da família Camden. Com o decorrer da série, ele foi se acostumando com o elenco e não teve mais problemas.

Relembre a abertura da primeira temporada de 7th Heaven:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.