Mão pra cabeça

Saiba por que o FBI está em (quase) todas as séries policiais da TV paga

Divulgação/NBC

A atriz Jaimie Alexander em episódio de Blindspot, mais uma série com o FBI em cena - Divulgação/NBC

A atriz Jaimie Alexander em episódio de Blindspot, mais uma série com o FBI em cena

JOÃO DA PAZ - Publicado em 01/11/2015, às 07h19

Já percebeu que o FBI, a polícia federal norte-americana, é onipresente nas séries policiais? Está em The Blacklist, Limitless, CSI: Cyber e Criminal Minds _só para as citar as mais famosas atualmente em exibição. Criador de Blindspot, Martin Gero explica em entrevista ao Notícias da TV o porquê desse "fenômeno": “O motivo de o FBI ser tão popular em séries é porque é um tipo de polícia que pode ir a qualquer lugar. Além, é claro, de lidar com os grandes problemas enfrentados pelos Estados Unidos”.

Em Blindspot, atração da Warner nas noites de terça, às 22h30, o FBI está em quase toda cena. A instituição cuida de Jane Doe, interpretada por Jaimie Alexander. A personagem sofre de amnésia e não se lembra como foi parar dentro de uma sacola, encontrada no centro de Nova York. E muito menos porque seu corpo tem mais de 200 tatuagens com pistas para os federais esclarecerem crimes.

Outra característica das séries policiais é o predomínio de personagens masculinos, principalmente entre os protagonistas. Para Gero, esse quadro está mudando. "É importante termos mais personagens femininos fortes na TV", discursa. Ele colocou uma mulher no centro de Blindspot. Jane Doe, protogonista da série, acaba de se tornar de tornar agente do FBI.

Dessa forma, a série se junta a atrações como Law & Order SVU (com Mariska Hargitay), CSI: Cyber (com Patricia Arquette) e Quantico (Priyanka Chopra), três raros dramas policiais protagonistas femininos. Nas demais produções, as mulheres dividem a tela com um homem, caso de Bones, ou têm um papel secundário, como em Elementary e The Blacklist.

Terceira melhor audiência de uma atração estreante na TV norte-americana neste ano, Blindspot já tem confirmada a temporada completa, com 22 episódios. Gero defende esse modelo mais longo de se contar uma história, na contramão do que alguns canais têm feito, aprovando produções com 10, 13 episódios. Para ele, "quanto mais tempo e espaço para mergulhar nos personagens, melhor". E o que é melhor (para ele): "Mais episódios significa mais dinheiro para todos os envolvidos".


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook