Premiação

Repeteco, domínio feminino e protesto: o que esperar do Globo de Ouro

Divulgação/Netflix

Claire Foy na segunda temporada de The Crown; tanto a atriz quanto a série são favoritas - Divulgação/Netflix

Claire Foy na segunda temporada de The Crown; tanto a atriz quanto a série são favoritas

JOÃO DA PAZ - Publicado em 05/01/2018, às 05h58

O Globo de Ouro de 2018 promete ser histórico. Pela primeira vez em cinco anos, uma série dramática tem chance de ter vitória consecutiva no maior prêmio da noite. Atrações protagonizadas por mulheres são as grandes favoritas, e o tapete vermelho ganhará um tom de preto devido ao protesto das celebridades contra o assédio sexual em Hollywood.

A cerimônia será realizada neste domingo (7), às 23h, com transmissão da TNT. Uma hora antes, serão exibidas as entrevistas no tapete vermelho. O evento terá o comediante Seth Meyers como anfitrião.

Primeira série da Netflix a ganhar um grande prêmio, The Crown chega forte para repetir a conquista do ano passado, quando foi eleita a melhor série de drama pela Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood (HFPA), organizadora do Globo de Ouro.

Desde os anos 2012 e 2013, quando Homeland foi a vencedora, uma série de drama sequer é indicada no ano seguinte após ser a grande vitoriosa da premiação. Breaking Bad (última temporada), The Affair e Mr. Robot foram as produções premiadas entre 2014 e 2016.

The Crown estreou a segunda temporada a um mês e trouxe mais uma década da vida da rainha Elizabeth II, interpretada por Claire Foy. Com brigas dentro do casamento real e crise na representatividade da monarquia perante o povo britânico, o drama consolidou seu espaço entre as melhores séries da atualidade.

Essa foi a despedida de Claire como protagonista de The Crown. Na terceira e na quarta temporadas, a rainha será vivida por Olivia Colman (vencedora do Globo de Ouro por The Night Manager).

Claire é uma das favoritas na disputa de melhor atriz, ao lado de Elisabeth Moss, estrela de The Handmaid’s Tale, atual vencedora do Emmy e que ameaça o reinado de The Crown.

divulgação/amazon

Estrelada por Rachel Brosnahan, Marvelous Mrs. Maisel deve levar prêmio de melhor comédia 

Girl power
The Crown e Handmaid’s Tale são apenas dois destaques do poder feminino neste Globo de Ouro. Na categoria de comédia, a líder nas apostas de melhor série é a divertida The Marvelous Mrs. Maisel, série novata da Amazon, sobre uma ex-dona de casa chamada Miriam Maisel (Rachel Brosnahan). Na trama, ela se aventura no mundo da comédia stand-up. O Globo de Ouro gosta de premiar atrações estreantes nesta categoria, fato que ocorreu em quatro dos últimos cinco anos.

Fora isso, as duas séries com o maior número de indicações, Big Little Lies (com seis) e Feud: Bette and Joan (quatro), têm mulheres como protagonistas. Ambas disputam acirradamente o prêmio de melhor minissérie.

Protesto
O Globo de Ouro deste ano será o primeiro evento hollywoodiano após dezenas de denúncias de assédio sexual colocarem na berlinda homens poderosos da indústria do cinema e da TV norte-americana. Tudo começou em outubro com acusações contra o executivo Harvey Weinstein. As denúncias chegaram a nomes conhecidos do grande público, como Kevin Spacey e Dustin Hoffman.

De acordo com a revista People, que ouviu pessoas dos bastidores de Hollywood, principalmente de agências que representam os atores e atrizes, dezenas de celebridades irão vestidas de preto para mostrar solidariedade às mulheres que vieram a público denunciar seus agressores. Nomes do calibre de Jessica Chastain, Meryl Streep e Emma Stone devem aderir ao movimento.

Homens não ficarão de fora do protesto. Dwayne "The Rock" Johnson (Jumanji, Ballers) confirmou que vai usar preto no dia da cerimônia. Tom Hiddleston, Garrett Hedlund e Armie Hamme também prometem unir forças com as mulheres no tapete vermelho.

Veja a lista completa dos indicados ao Globo de Ouro nas categorias de TV:

Melhor série dramática
The Crown (Netflix)
Game of Thrones (HBO)
The Handmaid’s Tale (Paramount Channel)
Stranger Things (Netflix)
This Is Us (Fox Life)

Melhor série de comédia ou musical
Blackish (Canal Sony)
Master of None (Netflix)
Smilf
The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon)
Will & Grace

Melhor minissérie ou filme feito para TV
Big Little Lies (HBO)
Fargo (Netflix)
Feud: Bette and Joan (Fox Premium)
The Sinner (Netflix)
Top of the Lake: China Girl (Crackle)

Melhor atriz de série dramática
Caitriona Balfe (Outlander)
Claire Foy (The Crown)
Elisabeth Moss (The Handmaid’s Tale)
Katherine Langford (13 Reasons Why)
Maggie Gyllenhaal (The Deuce)

Melhor ator de série dramática
Bob Odenkirk (Better Call Saul)
Freddie Highmore (The Good Doctor)
Jason Bateman (Ozark)
Liev Schreiber (Ray Donovan)
Sterling K. Brown (This Is Us)

Melhor atriz de série de comédia ou musical
Alison Brie (Glow)
Frankie Shaw (Smilf)
Issa Rae (Insecure)
Pamela Adlon (Better Things)
Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)

Melhor ator de série de comédia ou musical
Anthony Anderson (Blackish)
Aziz Ansari (Master of None)
Eric McCormack (Will & Grace)
Kevin Bacon (I Love Dick)
William H. Macy (Shameless)

Melhor ator de minissérie ou filme feito para TV
Ewan McGregor (Fargo)
Geoffrey Rush (Genius)
Jude Law (The Young Pope)
Kyle MacLachlan (Twin Peaks)
Robert De Niro (The Wizard of Lies)

Melhor atriz de minissérie ou filme feito para TV
Jessica Biel (The Sinner)
Jessica Lange (Feud: Bette and Joan)
Nicole Kidman (Big Little Lies)
Reese Witherspoon (Big Little Lies)
Susan Sarandon (Feud: Bette and Joan)

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie, ou filme para TV
Ann Dowd (The Handmaid’s Tale)
Chrissy Metz (This Is Us)
Laura Dern (Big Little Lies)
Michelle Pfeiffer (The Wizard of Lies)
Shailene Woodley (Big Little Lies)

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV
Alexander Skarsgard (Big Little Lies)
Alfred Molina (Feud: Bette and Joan)
Christian Slater (Mr. Robot)
David Harbour (Stranger Things)
David Thewlis (Fargo)

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Como você acha que Rick vai sair de Walking Dead?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook