Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

AS SEGUIDORAS

Porta dos Fundos fará série sobre influenciadora digital que vira assassina

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A atriz Maria Bopp faz expressão de choque caracterizada como a Blogueirinha do Fim do Mundo

Maria Bopp como a Blogueirinha do Fim do Mundo; agora ela será influenciar serial killer

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 27/5/2021 - 12h18
Atualizado em 27/5/2021 - 15h02

Parceiro da ViacomCBS, o coletivo Porta dos Fundos prepara uma nova série de comédia para o Paramount+, serviço de streaming do conglomerado. Com o título de As Seguidoras, a comédia com toques de suspense mostrará a história de uma influenciadora digital que se transforma em uma serial killer.

As Seguidoras gira em torno de uma influenciadora digital, Liv, que se torna obcecada por sua imagem e está disposta a protegê-la a todo custo. Sua história piora quando ela é atacada por um seguidor e o mata em legítima defesa.

Liv decide se livrar do corpo e seguir em frente com sua vida perfeita, sem saber que algo profundo mudou dentro dela --ela descobriu um novo talento para o assassinato. Essa influenciadora digital, aparentemente inofensiva, torna-se uma assassina em série acima de qualquer suspeita.

Maria Bopp (de Me Chama de Bruna) e Raissa Chaddad (de Chiquititas) lideram o elenco da produção escrita por Manuela Cantuária.

Não é a primeira vez que o Porta dos Fundos zoa o universo dos influenciadores. Além de vários vídeos cômicos sobre o tema, o coletivo de humor lançou em 2018 a série Borges, sobre sócios de uma importadora falida que decidem virar youtubers para ganhar dinheiro.

Adriano Imperador e Anderson Silva

Outra produção brasileira revelada nesta quinta foi Adriano, Imperador, série documental sobre a vida do ex-jogador de futebol Adriano Leite Ribeiro, mas conhecido como Imperador.

A produção vai abordar desde sua origem humilde na Vila Cruzeiro, uma das favelas mais perigosas do Rio de Janeiro, até seu sucesso internacional, com passagens pela Itália e pelos Estados Unidos, além dos jogos com a camisa da Seleção Brasileira.

As controvérsias também não ficarão de fora da atração: Adriano foi acusado de amarrar a modelo Joana Machado em uma árvore durante o relacionamento dos dois.

O lutador Anderson Silva também será tema de uma nova produção. Essa, porém, será roteirizada, e não documental. Anderson "The Spider" Silva contará a história do campeão de MMA que superou uma infância complicada para se tornar um dos maiores lutadores da modalidade.

Nascido em São Paulo, mas criado por sua tia nos arredores de Curitiba, Silva aprendeu a lutar pela sobrevivência desde criança. Teve empregos temporários, como office boy, segurança e funcionário de fast-food, mas sua maior paixão era lutar.

Já adulto, Silva entrou no mundo da luta profissional, conquistando seu primeiro título mundial no Japão e se tornando o maior campeão da história do UFC, no qual defendeu o cinturão com um cartel perfeito, sem perder uma luta em sete anos.

Pegação no Rio de Janeiro

Já a tradicional franquia Shore, marcada por barracos e muitas pegações, ganhará uma versão brasileira neste ano com Rio Shore, que reunirá dez jovens em uma casa no Rio de Janeiro.

Karime Pindter, revelada em Acapulco Shore, adiantou um pouco do que o público pode esperar: "Gatas lindas, homens espetaculares, corpos malhados, o melhor do espírito Shore agora no Rio de Janeiro".

Nenhuma das atrações anunciadas nesta quinta (27) tem data de estreia confirmada no serviço de streaming.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Elenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreram

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas