Missões de Vida

Nova série da TV paga promete fazer chorar com histórias de brasileiros extraordinários

Divulgação/HBO

Ana Claudia Arantes (à esq.) com paciente no primeiro episódio da série Missões de Vida

Ana Claudia Arantes (à esq.) com paciente; médica é personagem do primeiro episódio da série Missões de Vida

FERNANDA LOPES - Publicado em 06/04/2020, às 12h38

Em tempos sombrios, em que muitas pessoas estão em casa com medo das consequências da pandemia do coronavírus (Covid-19), o canal Cinemax lança uma nova série para tentar mostrar uma "luz no fim do túnel" e emocionar os telespectadores. Estreia nesta segunda (6) Missões de Vida, que mostra trabalhos extraordinários e humanitários desenvolvidos por brasileiros (até então) anônimos.

Em cada um dos dez episódios, feitos numa parceria da HBO com as produtoras Grifa Filmes e Nós, são contadas duas histórias de pessoas que se destacam em suas áreas e têm missões pessoais e profissionais muito fortes, relacionadas a ações humanitárias, de empreendedorismo social ou ativismo ambiental. Cada episódio tem um tema central.

"Algumas vezes, estas duas personagens atuam num mesmo setor, como no caso de dois episódios que retratam ambientalistas. Outras vezes, os retratados atuam em setores bem diferentes e são até opostos, mas o tema que os une é o mesmo. Como exemplo, podemos citar o episódio onde uma parteira de Recife fala da dignidade ao nascer, enquanto uma médica paulistana fala da dignidade ao morrer", explica Mara Mourão, diretora-geral da série.

A equipe optou por contar histórias apenas de brasileiros anônimos, não conhecidos do grande público. "É interessante que o público perceba o quanto pessoas comuns, como nós, conseguem fazer e ajudar ao próximo", diz a diretora.

Entre os personagens retratados e que prometem arrancar lágrimas com suas trajetórias, estão Gianfranco Melillo, missionário dedicado a cuidar de moradores de rua; Rodrigo Mendes, que ficou tetraplégico após um assalto na juventude e criou um instituto onde trabalha com inclusão de deficientes em escolas; e Ana Claudia Arantes, médica especialista em cuidados paleativos.

Com cada uma dessas histórias, o canal e a diretora têm a intenção de passar mensagens de otimismo e de que a vida sempre pode mudar (para melhor).

"Uma mensagem de que existem pessoas muito boas e que somos capazes de nos reinventar. Neste momento delicado, as pessoas estão precisando acreditar na solidariedade, e isso todos os retratados da série tem de sobra. Também estou muito feliz em ver como a arte e o audiovisual podem contribuir com este momento, pois percebemos que a população encontra refúgio, neste momento de isolamento social, no entretenimento", afirma Mara Mourão.

Missões de Vida irá ao ar semanalmente no Cinemax e estreia na segunda (6) às 18h. A partir do dia 13, será exibida às 18h55.

Tudo sobre

Cinemax

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que jornalista está fazendo o melhor trabalho durante a pandemia?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook