ESTREIA HOJE

Lives de sexo, fetiches malucos e estrela pornô: O que esperar de Hard, série da HBO?

Divulgação/HBO

Atriz segura uma galinha ao lado da atriz Natália Lage, com expressão de consternação, em cena de Hard

A protagonista Sofia (Natália Lage, à dir.) fica chocada ao conhecer a produtora e ver as lives de sexo em Hard

FERNANDA LOPES - Publicado em 17/05/2020, às 05h38

Conhecida por não ter muitos pudores ao mostrar cenas de sexo e nudez em suas produções, a HBO Brasil mantém essa fama e apresenta novas perspectivas sobre o mundo erótico em sua nova série. Hard, que estreia neste domingo (17), conta a história de uma mulher que tem de assumir o comando de uma produtora de filmes adultos. Ela se depara com uma diversificada oferta de pornografia, com lives interativas e fetiches inusitados.

A protagonista Sofia (Natália Lage) é uma mulher de classe alta, refinada, que deixou uma carreira no Direito para se dedicar à casa e à família. Ela sempre acreditou que seu marido tinha uma empresa de tecnologia. Mas, quando ele morre em um acidente, chega a hora de ela encarar que sua vida foi toda baseada em uma mentira. O que sustenta a família é uma produtora de filmes pornôs.

Recatada e do lar, com ideias sobre sexo bem limitadas, Sofia sofre um choque de realidade ao conhecer a produtora e suas modalidades. Há, por exemplo, cenas de filmes gravadas com animais e trajes sadomasoquistas. A variedade de fetiches impressionou personagens e atores.

"A quantidade de desejos, fetiches e fantasias que descobrimos na pesquisa [para a série] é uma coisa ilimitada. Se encontra de tudo. Qualquer fantasia que você ache que é só sua, pode ter certeza de que ela existe em algum conteúdo na internet", ensina o diretor de Hard, Rodrigo Meirelles.

Além de se horrorizar com o que vê na produtora, a protagonista pudica tem de lidar com as dívidas da empresa. Para manter os negócios, é criada até uma nova modalidade de pornografia, que cairia muito bem, inclusive, para tempos de quarentena: lives pornôs interativas.

Funciona assim: a pessoa paga um ingresso para ver atores se pegando na sua frente. A partir daí, ela pode dizer o que quer que eles façam em termos de sexo. Pode dirigir seu próprio filme pornô, exclusivo e personalizado.

"A empresa se adaptou aos tempos modernos da pornografia, em que ela é gratuita online. Para conseguir se manter, ela atua no mercado de nichos [de fetiches e lives, por exemplo]", diz Rodrigo Meirelles.

Mas, ainda que o sexo seja uma frequente na série, o diretor avisa que não haverá cenas explícitas, com exposição de genitália. "Todas as cenas são simulações de sexo. A Sofix [nome da produtora] engloba todo o universo do que é a pornografia paga hoje em dia. Então podem esperar muita variedade de cenas de sexo, mas como sempre como pano de fundo. O foco é a Sofia e como essa mulher faz pra se empoderar, assumir uma função que ela nunca fez na vida", diz o diretor.

divulgação/HBO

O ator Marcello Mastroduro (Julio Machado) se envolverá com Sofia (Natália Lage) em Hard


Comédia sem preconceito

A produtora ainda conta com um astro, chamado Marcello Mastroduro (Julio Machado), responsável pelos filmes de maior sucesso da empresa. Ao longo dos episódios, ele e a protagonista começam a se envolver, com quebras de preconceitos para ambos os lados.

A série se propõe como uma comédia, mas quer que o telespectador ria das situações em que a protagonista se encontra, sem ridicularizar as modalidades sexuais ou o trabalho dos atores pornôs. Pelo contrário, há a intenção de mostrar esses profissionais como pessoas normais, com suas questões e seus afetos.

"O que eu mais quero é que o telespectador consiga se divertir, dar boas risadas. Ao mesmo tempo, a gente está vivendo um momento tão polarizado no mundo que não consegue enxergar o outro. Acho que a série é um pouco sobre isso, conseguir enxergar o outro como ele é, e não como a gente está predisposto", afirma o diretor.

Hard irá ao ar na HBO aos domingos, às 23h. Confira o trailer da atração:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook