Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVA SÉRIE

Liberdade, musas da TV e girl power: Tudo sobre Filhas de Eva, estreia do Globoplay

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY

As atrizes Giovanna Antonelli, Renata Sorrah e Vanessa Giácomo sorriem em foto com paisagem do Rio de Janeiro ao fundo

Giovanna Antonelli, Renata Sorrah e Vanessa Giácomo são as protagonistas de Filhas de Eva

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 8/3/2021 - 7h10

O Globoplay reuniu um trio de estrelas da teledramaturgia para o elenco da série Filhas de Eva, que estreia nesta segunda (8) na plataforma. Na história, Renata Sorrah, Giovanna Antonelli e Vanessa Giácomo vivem mulheres que começam a transformar totalmente suas vidas em busca de mais liberdade, empoderamento e felicidade.

Com autoria de Adriana Falcão, Jô Abdu, Martha Mendonça e Nelito Fernandes, a produção é descrita pelas atrizes como uma comédia dramática, em que as protagonistas passam por grandes e difíceis mudanças, mas tudo contado num tom leve para o telespectador.

A história começa na festa de bodas de ouro que Stella (Renata Sorrah) comemora com seu marido. Ao ver todas as fotos e refletir sobre a vida dos dois, ela percebe que não fez quase nada do que gostaria de ter feito e está naquele relacionamento por conveniência. De supetão, decide terminar o casamento ali mesmo e recomeçar sua vida.

A partir deste estopim, Lívia (Giovanna Antonelli), que leva uma vida toda quadradinha e cheia de ilusões, e Cléo (Vanessa Giácomo), cuja rotina é toda bagunçada e sem rumo, se inspiram em Stella e promovem mudanças em suas jornadas também.

"Não tem uma personagem tão certinha, você humaniza todas elas", diz Vanessa. "Ninguém termina como começou, todo mundo passa por uma transformação [na série]. A vida é feita de transformações, a gente tem que ser elástico pra sobreviver. Ao ver personagens mudando, a gente cria uma conexão muito forte com o público, por que quem de nós não tenta mudar padrões?", questiona Giovanna.

Ao contar histórias de mulheres que tomam controle de suas próprias vidas, a série aborda temas bastante presentes nos discursos de empoderamento feminino, como sororidade --além das três protagonistas, há o contraste delas com os posicionamentos da filha de Lívia, uma jovem de 18 anos-- e a união entre as personagens.

"Nós somos todas contemporâneas, vivemos no mesmo momento. A gente troca entre si. Acho bonito que as mulheres hoje ocupam cargos de poder no mundo inteiro. Aqui no Brasil temos mulheres fortíssimas se colocando, deputadas, cientistas, todas. Acho que a gente tá num caminho muito bom. Ainda tem muita coisa [a mudar], muito caminho a ser conquistado. Mas nós estamos andando, tem um movimento", afirma Renata Sorrah.

Com 12 episódios, Filhas de Eva está disponível na íntegra no catálogo do Globoplay a partir desta segunda (8).


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?