Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

For The People

Jovens advogados se digladiam em novo drama de Shonda Rhimes

Imagens: Divulgação/ABC

Os atores Ben Rappaport e Jasmin Savoy Brown na nova série de advogados For The People - Imagens: Divulgação/ABC

Os atores Ben Rappaport e Jasmin Savoy Brown na nova série de advogados For The People

JOÃO DA PAZ

Publicado em 10/9/2018 - 5h33

As séries sob a batuta de Shonda Rhimes seguem um padrão, e com a novata For the People não é diferente. Os protagonistas são jovens em começo de carreira, sob a pressão de seus chefes para fazerem um bom trabalho enquanto lidam com os contratempos da vida adulta. O drama só não tem os mesmos escândalos e o sexo das outras criações da renomada produtora.

Assim, For the People acaba contando uma história limpa, à la The Good Doctor. A série que estreia nesta segunda (10), às 22h, no Canal Sony, narra a trajetória de um grupo de seis advogados obcecados pelo objetivo de se firmarem na profissão. Sem uma protagonista feminina forte para liderar a trama, como Meredith Grey, Viola Davis e Olivia Pope, For the People aposta no grupo.

O sexteto é divido em dois trios. De um lado, estão os defensores públicos, grupo formado por Allison Adams (Jasmin Savoy Brown, de The Leftovers), Jay Simmons (Wesam Keesh) e Sandra Bell (Britt Robertson), visionários que trabalham em causas a favor dos mais necessitados em uma corte federal de Nova York.

Na bancada oposta, aparecem os promotores Leonard Knox (Regé-Jean Page, destaque da série), Kate Littlejohn (Susannah Flood, a revelação) e Seth Oliver (Ben Rappaport, de Mr. Robot), que primam pelo rigor da lei a qualquer custo.

Os dois lados acabam tendo suas vidas entrelaçadas. Daí, entram em cena outras características das séries de Shonda: amizades femininas fortes, flertes entre colegas de trabalho e personagens masculinos que provocam dubiedade no telespectador _ou querem matá-los ou levá-los para cama.

Os veteranos da história são interpretados por rostos conhecidos. Ben Shenkman (de Royal Pains) faz o chefe da divisão criminal da procuradoria-geral, líder dos promotores. Já Hope Davis (de American Crime e Wayward Pines) vive Jill Carlan, a comandante dos defensores.

Em For the People, a dupla de atores Susannah Flood e Regé-Jean Page rouba a cena

Vale assistir?
Sim, For the People vale a pena. Na ponta do lápis, a série é mais atraente e melhor do que Station 19, filhote de Grey's Anatomy em que Shonda e sua equipe forçaram a barra, também atração do Canal Sony. Ambas são os projetos derradeiros da produtora Shondaland para a rede ABC, antes de ela ir migrar para a Netflix.

Shonda fechou um acordo na casa dos US$ 150 milhões com a gigante do streaming. Em julho, a empresa anunciou as sinopses de nada menos do que sete séries (e um documentário) que a produtora irá tocar. Na década e meia que passou na TV aberta, ela trabalhou em nove séries, entre elas os sucessos Grey's, Scandal (2012-2018) e How to Get Away with Murder.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com dicas de séries e filmes!

TUDO SOBRE

Canal Sony

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?