TCA Awards

Friends recebe prêmio por legado; saiba por que comédia entrou para a história

Imagens: Divulgação/NBC

Matt LeBlanc, Matthew Perry, Jennifer Aniston e Courteney Cox em cena da quarta temporada de Friends - Imagens: Divulgação/NBC

Matt LeBlanc, Matthew Perry, Jennifer Aniston e Courteney Cox em cena da quarta temporada de Friends

JOÃO DA PAZ - Publicado em 03/08/2018, às 05h53

A um ano de completar um quarto de século, Friends (1994-2004) ganhará uma homenagem. Neste sábado (4), a comédia será agraciada com um prêmio pelo seu legado, entregue pela TCA, a Associação de Críticos de Televisão dos Estados Unidos. Desde 2002, o Heritage Awards celebra programas importantes para a história da TV. A honraria já foi entregue a séries como Sopranos (1999-2007) e Plantão Médico (1994-2009).

Antes do lançamento, Friends foi avaliada como "fraca" em um relatório interno da NBC, concluído após um grupo de telespectadores assistirem ao primeiro episódio. Os criadores David Crane e Marta Kauffman se recusaram a ouvir as críticas negativas e mantiveram o projeto como tinham imaginado. O resto é história.

Da igualdade salarial dos atores ao lugar de destaque que a série conquistou na cultura pop, saiba por que Friends entrou para a história:

Trama que não envelhece
Mesmo depois de tanto tempo sem episódios inéditos, Friends continua como uma das séries mais vistas no mundo todo, graças aos serviços de streaming e a reprises em canais pagos (no Brasil, ela está disponível na Netflix e na Warner). Ela tem uma trama que não envelhece e serve para todo mundo, mesmo retratando a vida conturbada e feliz de jovens na casa dos 20 e poucos anos na Nova York da década de 1990.

A busca por uma carreira, a afirmação em um trabalho, brigas com colegas, desilusões amorosas, intensos romances, desentendimentos com a família, parentes malucos e estressantes, pouco dinheiro para sair, atritos com vizinhos, emprego dos sonhos e amizade fiel... Friends trouxe tudo isso em um pacote.

Coadjuvantes com histórias de protagonistas
No início de Friends, Monica (Courteney Cox) foi apresentada como a protagonista da história, pois todos os integrantes da série giravam em torno dela. Ela tinha um irmão (Ross), dois vizinhos (Chandler e Joey), uma ex-colega de quarto (Phoebe) e uma amiga de infância (Rachel).

Mas, conforme os primeiros episódios foram se desenvolvendo, ficou claro que não haveria a predominância de um único personagem. É raro uma série conseguir diluir a trama com coesão, principalmente por tanto tempo (foram dez temporadas).

A luta de Chandler (Matthew Perry) para encontrar um sentido na vida profissional ou os apuros de Joey (Matt LeBlanc) como um ator à procura de um espaço nobre sustentariam qualquer série. O último inclusive ganhou uma comédia própria (e fracassada) depois de Friends. Do sexteto, talvez a história de Phoebe (Lisa Kudrow), uma avoada massagista, seria a mais fraca para servir de protagonismo.

Jennifer Aniston e o corte de cabelo The Rachel

Lugar na cultura pop
A série Friends ditou moda. A influência da comédia foi tanta que até o corte de cabelo de uma personagem virou tendência, seja entre as celebridades ou entre mulheres comuns.

Simplesmente chamado de The Rachel, o penteado ostentado pela mimada Rachel (Jennifer Aniston) nas primeiras temporadas foi copiado por atrizes do calibre de Scarlett Johansson e Kerry Washington, entre outras.

A decoração do apartamento da Monica também inspirou muita gente, das cores chamativas das paredes até o armário da cozinha, cheio de canecas descoladas. Sem contar a clássica moldura amarela pendurada na porta de entrada.

Salário igual para o grupo
Em 2002, o elenco de Friends desfrutava de um sucesso que colocava os atores no radar para protagonizar filmes em Hollywood. Como eles tinham outros projetos em vista, a série estava começando a ficar em segundo plano. Para não perder sua galinha dos ovos de ouro, a NBC abriu o cofre e se propôs a aumentar o salário do sexteto para mais duas temporadas.

O detalhe é que os atores queriam um salário igual para todos. A negociação em conjunto foi imitada no futuro por elencos de outras atrações, como Modern Family e The Big Bang Theory. Também serviu de exemplo o fato de os atores de maior destaque na época, David Schwimmer (o Ross) e Jennifer Aniston, optarem por um corte nos vencimentos para que todos ganhassem o mesmo salário: US$ 1 milhão por episódio, pelas nona e décima temporadas.

Audiência fenomenal
Friends conseguiu um feito raríssimo na TV americana: ficar nove temporadas seguidas entre as cinco séries de maior audiência. The Big Bang Theory, por exemplo, tem seis temporadas no top 5, da sexta até a 11ª, a mais recente.

A média de telespectadores por episódio de Friends nunca ficou abaixo dos 20 milhões. No pós-11 de Setembro, ataque terrorista contra as Torres Gêmeas em Nova York, a audiência subiu em 17% _os prédios eram mostrados com frequência na comédia. E o episódio final foi o quarto adeus de séries mais visto da história da TV dos EUA: com 53 milhões de telespectadores, fica atrás apenas das despedidas de Seinfeld (1989-1998), Cheers (1982-1993) e MASH (1972-1983).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook