Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Crossover

Fora de si, Flash briga com Arqueiro Verde em fusão de duas séries

Divulgação/The CW

O ator Grant Gustin como Flash em preparação para lutar contra Arqueiro Verde em crossover - Divulgação/The CW

O ator Grant Gustin como Flash em preparação para lutar contra Arqueiro Verde em crossover

JOÃO DA PAZ

Publicado em 3/12/2014 - 11h52
Atualizado em 3/12/2014 - 13h41

[Atenção: se você não quer saber o que vai acontecer no episódio, não leia este texto]

O canal pago norte-americano The CW exibiu ontem (2) a primeira parte dos dois episódios que juntam as séries Flash, uma das vistas do momento, e Arrow. No ar no Brasil no próximo dia 11, pela Warner, o chamado crossover traz os protagonistas das duas produções em uma batalha em estilo videogame.

A briga entre os heróis é motivada por um ataque de fúria de Flash (Grant Gustin), que teve as emoções transformadas pelo vilão Pirata do Arco-Íris, interpretado por Paul Anthony. Como se estivesse possuído, o Velocista Escarlate (como Flash também é conhecido) parte para cima de Eddie Thawne (Rick Cosnett), que é salvo pelo Arqueiro Verde (Stephen Amell).

Com cenas típicas de videogame, o duelo mostra o que cada um tem de melhor: Flash usa sua velocidade supersônica, e Arqueiro Verde, personagem principal de Arrow, lança mão de suas flechas. Ele tenta acertar Flash com socos e chutes, mas não consegue. Também tenta golpeá-lo com seu arco, mas não tem sucesso, pois é driblado pela rapidez do oponente. O veloz herói do raio no peito aproveita para dar murros no mascarado de capuz, mas leva uma flechada na perna esquerda.

Após o golpe, Flash perde força, e o Arqueiro Verde o segura. Então, a equipe do Velocista Escarlate coloca em prática um plano para pôr fim à batalha: o olhar vermelho de fúria de Flash é revertido com a ajuda de cinco canhões de luz, instalados em uma van, e ele volta ao normal. Pirata do Arco-Íris, responsável por alterar os sentimentos do herói, acaba preso no Laboratório Star, como queria o policial Barry Allen (Flash à paisana).

Parceria continua

O encontro entre os heróis ocorre porque o playboy Oliver Queen (Arqueiro Verde) vai à cidade Central, cenário da série Flash, com sua equipe, formada por Felicity Smoak (Emily Rickards) e John Diggle (David Ramsey). Eles querem capturar o Capitão Bumerangue, inimigo de Starling, cidade onde se passa o seriado Arrow. Na busca pelo malvado, o trio pretende contar com a ajuda da tecnologia usada pelos assistentes de Flash, Caitlin Snow (Danielle Panabaker) e Cisco Ramon (Carlos Valdes). 

A atriz Emily Rickards fica só de sutiã em cena de crossover do episódio Flash vs. Arrow

Sensualidade

Durante a perseguição, Allen dá a Felicity uma "carona" especial até o laboratório. Ele a pega no colo e parte em disparada rumo ao local de trabalho. Mas, por causa da velocidade supersônica, a blusa da funcionária de Queen pega fogo. Muito ágil, Felicity arranca a peça do corpo e fica só de sutiã, para alegria de Ramon: "Eu sempre lembrarei disso", diz a Allen.

A perseguição ao Capitão Bumerangue vai ao ar na segunda parte do crossover de Flash e Arrow, exibida hoje (3), nos Estados Unidos. No Brasil, a Warner mostrará esse episódio, The Brave and The Bold, no próximo dia 12, também às 22h30.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Além de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na Globo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas