Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ANÁLISE

Fear the Walking Dead: Volta da 7ª temporada está entre as piores da franquia

Divulgação/AMC

Alycia Debnam-Carey em cena do nono episódio da sétima temporada de Fear the Walking Dead

Alycia Debnam-Carey em cena do nono episódio da sétima temporada de Fear the Walking Dead

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 19/4/2022 - 0h01

De volta com a sua exibição regular após um hiato de quase cinco meses, a sétima temporada de Fear the Walking Dead atingiu um dos piores momentos da história da franquia. Com um episódio totalmente focado em Alicia (Alycia Debnam-Carey), o spin-off repetiu graves erros da série mãe e optou por uma trama apática em seu retorno.

Entre seu sexto e oitavo ano, The Walking Dead foi duramente criticada por fãs e pela imprensa ao priorizar episódios focados em histórias individuais e que pouco acrescentavam à narrativa. Este "vício criativo" derrubou a audiência da série mãe, que viu seu prestígio se recuperar levemente após a roteirista Angela Kang assumir como showrunner na nona temporada.

Com tanta enrolação em uma série considerada longa para os padrões televisivos, saber que novos episódios podem não fazer parte da trama principal causa calafrios no público que ainda acompanha a franquia. Por isso, o retorno da sétima temporada de Fear the Walking Dead deixa --e muito-- a desejar.

Intitulado Follow Me (Siga-me, em tradução livre), o episódio mais recente do spin-off mostra Alicia lidando com as consequências de seus atos desastrosos em busca de Padre, um local descrito como um oásis no meio do apocalipse zumbi. Sozinha, ela encontra refúgio na casa de Paul (Warren Snipe), músico surdo que vive recluso desde a morte de sua mulher.

Com sua febre aumentando e seus delírios cada vez mais recorrentes, a sobrevivente tenta a qualquer custo deixar o local após ser resgatada por Paul. Ambos protagonizam discussões enquanto contam suas histórias, e o recém-chegado tenta diminuir um pouco da culpa que Alicia carrega por decisões erradas que a levaram ao lugar onde está.

DIVULGAÇÃO/AMC

O ator surdo Warren Snipe

O ator surdo Warren Snipe

A vida da jovem, uma das únicas remanescentes do elenco original de Fear the Walking Dead, volta a correr riscos quando Arnold (Spenser Granese) chega à casa de Paul procurando-a. A princípio, o músico consegue despistar o vilão, mas a dupla volta a encontrá-lo ao tentar buscar um rádio desejado por Paul.

O jogo de gato e rato entre os três até entrega momentos positivos, mas a escolha de retornar em um episódio com pouco apelo pode fazer com que uma outra parte do público perca o interesse em seguir acompanhando o spin-off. Isso sem contar na ausência de Victor Strand (Colman Domingo), principal vilão da série após anos tentando se desvencilhar de seu lado sombrio.

Pior ainda para Alycia, cuja personagem foi escanteada durante quase toda a primeira parte da sétima temporada e que retornou em um episódio que leva do nada para lugar nenhum. Uma das protagonistas da série, a jovem carrega o vírus do apocalipse após ser mordida por um zumbi e está em vias de se tornar um morto-vivo, mas nem isso permitiu que sua jornada começasse movimentada na volta do spin-off.

Um dos momentos da temporada mais aguardados pelos fãs, o retorno de Kim Dickens como Madison Clark, ex-protagonista de Fear, ainda não deu pistas de como irá acontecer. A volta da personagem deve ficar reservada para o fim da nova leva de episódios, com a atriz confirmada no elenco regular do já anunciado oitavo ano.

O canal pago AMC exibe um novo episódio da sétima temporada de Fear the Walking Dead toda segunda-feira, sempre às 23h (horário de Brasília).


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.