Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

CADÊ PLANEJAMENTO?

Disney troca Coração de Ferro por Agatha e Demolidor e escancara crise na Marvel

Divulgação/Marvel Studios

Dominique Thorne está trabalhando com solda em equipamentos eletrônicos em cena de Pantera Negra 2

Dominique Thorne como Riri Williams em Pantera Negra 2; série da Coração de Ferro foi adiada

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 14/5/2024 - 19h14

O Disney+ anunciou nesta terça-feira (14) que sua próxima série da Marvel será Agatha All Along, spin-off de WandaVision (2021) estrelado pela feiticeira Agatha Harkness (Kathryn Hahn). Os dois primeiros episódios da atração serão lançados em 18 de setembro. Já Coração de Ferro, que traz a heroína Riri Williams (Dominique Thorne), foi adiada mais uma vez e só estreará em 2025, depois da nova série do Demolidor (Charlie Cox).

Segundo o planejamento inicial da Marvel para sua Fase 5, revelado em junho de 2022 durante a San Diego Comic-Con, Coração de Ferro deveria ter sido disponibilizada no streaming entre setembro e novembro do ano passado. Ou seja: a atração deve sofrer com um atraso de dois anos.

Agatha e Demolidor viriam depois da série de Riri Williams, no fim de 2023 e no início de 2024, respectivamente. Ambas chegarão um ano depois do previsto, cortando a fila da cientista prodígio apresentada inicialmente em Pantera Negra 2: Wakanda para Sempre (2022). Em meio às três séries, ainda estava agendado lançamento do filme Blade, adiado para novembro de 2025.

As mudanças são uma demonstração clara da falta de planejamento da Marvel para construir um plano a longo prazo, como havia feito na Saga do Infinito. Se antes um projeto da editora rapidamente se conectava aos próximos, agora os produtores deixam um monte de pontas soltas nas cenas pós-créditos --sem conseguir amarrá-las de maneira convincente.

Vale lembrar que a desorganização já gerou uma quebra de expectativa no MCU (Universo Cinematográfico da Marvel). A condessa Valentina Allegra de Fontaine, vivida por Julia Louis-Dreyfus, deveria ter feito sua estreia triunfal em Viúva Negra (2021), mas apareceu antes em Falcão e o Soldado Invernal (2021). Ela terá mais destaque no filme Thunderbolts*, previsto para 2025.

Bob Iger, chefão da Disney, já admitiu publicamente que o excesso de projetos da Marvel acelerou o processo de fadiga dos super-heróis e resultou no fracasso dos últimos lançamentos da editora. De volta à presidência da empresa, ele impôs um limite de duas séries e três filmes por ano. Segundo o CEO, o foco estará na qualidade, e não na quantidade.

Neste ano, o único projeto da marca nos cinemas será Deadpool & Wolverine, que reunirá os personagens de Ryan Reynolds e Hugh Jackman após o criticado X-Men Origens: Wolverine (2009). A estreia no Brasil está marcada para 25 de julho. Já no Disney+, a série Agatha All Along se unirá a Eco, lançada em janeiro.

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.