NINGUÉM TÁ OLHANDO

Diretor de filme do Bozo vai fazer série sobre anjo rebelde na Netflix

Divulgação/Warner

Vladimir Brichta em cena do filme Bingo, dirigido por Daniel Rezende: fora do Oscar, dentro da Netflix - Divulgação/Warner

Vladimir Brichta em cena do filme Bingo, dirigido por Daniel Rezende: fora do Oscar, dentro da Netflix

REDAÇÃO - Publicado em 29/05/2018, às 11h10

O diretor Daniel Rezende, responsável pelo filme Bingo: O Rei das Manhãs, selecionado para representar o Brasil no Oscar 2018, vai comandar a série Ninguém Tá Olhando, próximo projeto nacional da Netflix. A comédia conta a história de Uli, um anjo da guarda que se rebela contra as ordens aleatórias que recebe dos superiores.

"​Ninguém Tá Olhando adiciona uma dose de humor ácido a questões complexas da humanidade e explora a relatividade de conceitos como 'bem', 'certo' e 'verdade'. A ideia é subverter concepções pré-estabelecidas para refletirmos sobre elas, logo após recuperarmos o fôlego de boas risadas", afirmou o diretor Daniel Rezende em nota divulgada à imprensa.

A comédia marcará a primeira parceria da Netflix com a produtora Gullane Filmes, dos irmãos Caio e Fabiano Gullane. Ela é responsável por séries como Carcereiros, atualmente em exibição na Globo, e Alice, com uma temporada exibida pela HBO em 2008 e dois telefilmes em 2010. Também produziu o filme Bingo, que trouxe Vladimir Brichta na pele do palhaço da TV.

Ninguém Tá Olhando será a sexta série original da Netflix no Brasil. Depois da ficção científica 3%, que já exibiu sua segunda temporada, veio o drama político O Mecanismo, baseado na Operação Lava Jato. A comédia Samantha! estreia em 6 de julho, e o drama histórico Coisa Mais Linda e o musical Sintonia (uma parceria com o diretor de videoclipes KondZilla) estão em produção.

"O Brasil é um dos nossos principais mercados internacionais e está em constante crescimento. Com as primeiras séries nacionais que realizamos, notamos o interesse do brasileiro em consumir ainda mais conteúdo local", disse Erik Barmack, vice-presidente de conteúdo original internacional da Netflix.

"​Ninguém Tá Olhando apresenta temas que interessam ao nosso público não só no Brasil, mas em todo o mundo, com um olhar crítico e bem-humorado sobre o que é ser humano nos dias de hoje", continuou o executivo.

Daniel Rezende fará sua estreia como produtor de uma série na Netflix, mas não é presença inédita na plataforma: ele comandou dois episódios da primeira temporada de O Mecanismo. Em 2004, Rezende foi indicado ao Oscar por seu trabalho como diretor de fotografia do filme Cidade de Deus (2002).

O elenco de Ninguém Tá Olhando ainda não foi divulgado.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?
Thelma
80.47%
Lurdes
9.58%
Vitória
1.97%
Leila
7.99%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook