Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Inédito

Contra pirataria, Walking Dead passará no Brasil no mesmo dia dos EUA

Divulgação/AMC

O ator Steve Yeun em cena da sexta temporada de The Walking Dead, série do canal Fox - Divulgação/AMC

O ator Steve Yeun em cena da sexta temporada de The Walking Dead, série do canal Fox

JOÃO DA PAZ

Publicado em 21/9/2015 - 5h42
Atualizado em 21/9/2015 - 11h56

Os brasileiros vão passar a assistir The Walking Dead no mesmo dia que os norte-americanos. Para combater a pirataria, a Fox exibirá a estreia da sexta temporada no Brasil, no próximo dia 11, uma hora depois dos Estados Unidos, a partir das 23h. No segundo e terceiro episódios, a diferença cairá para meia hora, e o programa entrará no ar às 23h30. Já do quarto episódio em diante a defasagem cairá para 20 minutos, mas a série começará no Brasil à 0h20, por causa do fim do horário de verão nos EUA e início no Brasil.

A mudança significa um enorme avanço em relação aos últimos anos. Na última temporada, a série mais vista da TV paga brasileira foi exibida 24 horas depois de passar nos EUA. Antes, a diferença era de dois dias, tempo suficiente para ser baixada ilegalmente por cerca de 50 mil fãs.

Os episódios dos domingos terão legendas e som original. Nas segundas à noite, serão dublados. Na estreia, não haverá intervalos comerciais.

A primeira vez em que a Fox conseguiu reduzir a "janela" entre os EUA e o Brasil foi no último episódio da quinta temporada de The Walking Dead, transmitido com apenas uma hora de atraso. A pirataria caiu sensivelmente, e a audiência disparou. O episódio foi visto por 540 mil telespectadores, um número alto para a TV por assinatura. 

A última temporada terminou com o líder dos sobreviventes do apocalipse zumbi, Rick Grimes (Andrew Lincoln), enfrentando um julgamento organizado pela líder do acampamento Alexandria, Deanna Moore (Tovah Feldush). Isso ocorreu porque o xerife matou um morador da comunidade, um lugar supostamente à prova da invasão de zumbis.

Desde que passaram a morar em Alexandria, os sobreviventes lidam com dificuldades e dilemas. Alguns deles, como Glenn (Steven Yeun) e Michonne (Danai Gurira), querem permanecer no local. Outros sentem falta do caos e da matança de zumbis. São os casos de Daryl (Norman Reedus) e Sasha (Sonequa Martin-Green).

A nova leva de episódios mostrará a divisão dos personagens principais de The Walking Dead. Com a aparição de Morgan Jones (Lennie James), ausente na série desde a terceira temporada, os residentes de Alexandria ficarão rachados: aceitam a postura mais radical do xerife Rick Grimes (Andrew Lincoln) ou acatam a sugestão de Morgan de ficar na retaguarda e lutar para manter o local seguro?

Ultramaratona

Antes da estreia da sexta temporada, a Fox fará uma ultramaratona de The Walking Dead. Durante três dias, de 9 a 11 de outubro, exibirá todos os 67 episódios da produção. Só vai ter Walking Dead nesses três dias. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Prêmio NTV Melhores do ano

Leia também

Enquete

Qual foi a melhor série documental brasileira do ano?

Web Stories

+
Última temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembre

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas